Feed icon
Artigo

11ª Semana de Gravidez

Se nesse momento da gravidez você pudesse dar uma olhadinha no seu bebê dentro do seu ventre, veria uma leve penugem crescendo sobre as sobrancelhas e o lábio superior. Isso é normal tanto em meninos como em meninas!

3mins
para ler Fev 5, 2019

Desenvolvimento do feto na 11ª Semana de Gravidez

Do alto da cabeça ao cóccix o feto mede agora 4 centímetros de comprimento, ou seja, tem o tamanho de um tomate. 
A 11ª semana de gravidez será marcada pela agitação no organismo da mãe, uma vez que o feto passa por uma série de mudanças. O corpo da criança começa a ficar coberto de penugem. As células nervosas continuam a se multiplicar, ainda que não haja ligação entre elas no cérebro. Na medula espinhal, contudo, os circuitos neuronais já se movem e começam a funcionar em torno dos músculos. Isso significa que, em breve, o feto terá movimentos reflexos interiores.

Mudanças no corpo na 11ª Semana de Gravidez

Com as mudanças em seu corpo, começa a ficar difícil fechar os botões da calça e o sutiã fica pequeno demais. E são apenas 11 semanas de gravidez! Mas não se assuste, o ganho médio de peso será de aproximadamente 1 a 2 kg até o final do primeiro trimestre. Curiosamente, o feto é responsável por muito pouco nesse aumento, pois pesa cerca de 10 gramas e, portanto, não passa de um “peso-pena”! A maior parte do aumento de peso se deve à expansão do útero, à placenta e ao líquido amniótico.

O que comer e o que não comer na 11ª Semana de Gravidez

Para evitar a redução da massa óssea, é essencial o consumo de alimentos que assegurem, tanto a você quanto à criança, o aporte suficiente de cálcio. Quais são os alimentos que têm esse mineral e que não podem faltar na sua dieta? O leite, os produtos lácteos e algumas águas ricas em cálcio. Ele também está presente na maioria dos vegetais de folhas verdes e nas sementes de gergelim. Para suprir suas necessidades de cálcio, você deve ingerir diariamente laticínios (quatro porções) e água rica nesse mineral. O médico talvez recomende a complementação da ingestão de cálcio por meio de um suplemento dietético, apenas para garantir o consumo suficiente desse mineral.

Conselhos às grávidas na 11ª Semana de Gravidez

Você, ultimamente, rejeita alguns alimentos? Isso é muito normal! Principalmente durante o primeiro trimestre, é comum sentir rejeição por alguns tipos de alimento, sobretudo aqueles que têm um cheiro forte. Para evitar o que seu organismo não aceita, opte por um produto “semelhante”, ou seja, do mesmo grupo alimentício. Se você já nem consegue olhar para os peixes, por exemplo, coma frango, presunto cozido, apresuntado ou outra carne branca. Se verduras ricas em betacaroteno não lhe agradam, compense com a ingestão de mais frutas ricas nesse nutriente, como pêssegos e damascos.