CSS - followUS_icons

CSS_Brands_Megadropdown menu

CSS - BabyandMe POPIN

CSS - Benefits

CSS - Nutritional-Program

esconder navegacao

estilo para links e listas

esconder rendimento e cooking time

Compartilhar Artigo
X
16 semanas de gravidez

16 semanas de gravidez

Se você pudesse observar seu filho dentro de sua barriga, veria que ele já chupa o dedinho, que finalmente conseguiu chegar à boca! 

terça-feira, Fevereiro 5th, 2019

Desenvolvimento do feto. 
Você já alcançou 16 semanas de gravidez, e nessa altura as retinas do feto começam a funcionar. Não é adequado, contudo, expor a barriga a luzes intensas para ver se ele reage porque os circuitos neuronais ainda não estão suficientemente maduros. E os órgãos sensoriais são ainda frágeis demais para que possamos estimulá-los dessa forma. Se você ainda não sentiu os movimentos de seu filho, é possível que sinta pela primeira vez nessa semana ou nas próximas. Tais movimentos, porém, são muito leves, portanto não espere grandes novidades. A sensação é como se houvesse asas de borboleta batendo dentro de sua barriga, ou uma espécie de cócega. Trata-se de uma sensação emocionante e maravilhosa, mas não se preocupe se ainda não sentiu nada: cada criança cresce em ritmo diferente. Seu bebê está ótimo! 

 

Mudanças no corpo. 
Se você tem muita vontade de comer, talvez se pergunte se isso se deve à falta de nutrientes. A resposta é não. Trata-se, simplesmente, de um efeito secundário da gravidez relacionado aos hormônios. Você provavelmente notou que determinados alimentos têm sabor diferente ou estão menos apetitosos. Outros, pelo contrário, se tornaram indispensáveis! O corpo funciona assim durante a gravidez, sem maiores explicações. Você deve apenas se esforçar para lembrar a palavra “moderação” em tudo o que comer. Um conselho: tente encontrar o equilíbrio entre atender às suas vontades repentinas e à necessidade de cuidar do corpo e do bebê em crescimento. 

 

O que comer e o que não comer. 
A vitamina A é importante na gravidez, embora apenas nas doses certas: nem demais nem de menos. Mas como saber qual é a dose correta? Uma dieta normal deve conter a dose suficiente de vitamina A para que não seja necessário tomar suplementos. O consumo excessivo, de fato, pode ser prejudicial para o feto. Lembre-se: alguns tratamentos de pele que contêm vitamina A estão proibidos para mulheres grávidas. Mas o que comer que contenha toda a vitamina A de que você e o feto precisam? São ricos nesse nutriente: o leite e seus derivados, como a manteiga; os ovos (sobretudo as gemas); as verduras e hortaliças de cores intensas, como espinafre, alface, salsa, tomate ou cenoura; e as frutas de cor laranja e amarela, como damasco, melão, manga, entre outros. 

 

Conselhos às grávidas. 
Por volta das 16 semanas de gravidez, aconselha-se que o casal de futuros pais se inscreva num curso pré-natal e comece a se preparar para o nascimento do bebê, principalmente se for o primeiro filho (ou se já se passaram muitos anos desde a chegada do último). Nas aulas vocês aprenderão tudo sobre o parto, o alívio da dor, a respiração e as técnicas de relaxamento. O curso poderá incluir também uma visita à sala de parto, ginástica para grávidas e muitas outras coisas úteis. As aulas de preparação para o parto são a oportunidade ideal de conhecer outras mães ou casais, os mais indicados para partilhar essa experiência. 

 

Ler mais

Faça Parte do Clube dos Meus Primeiros 1000 dias

Tranquilidade na maternidade a apenas um clique de distância. Faça parte.

Conteúdo relacionado
As mães comentam este artigo0/5
Buscar

Ainda não encontrou
o que você estava procurando?

Experimente o nosso novo e inteligente mecanismo de busca. Nós sempre teremos algo para você.