CSS - followUS_icons

CSS_Brands_Megadropdown menu

CSS - BabyandMe POPIN

CSS - Benefits

esconder navegacao

estilo para links e listas

esconder rendimento e cooking time

Compartilhar Artigo
X
31 semanas de gravidez

31 semanas de gravidez

O dia do parto se aproxima rapidamente: você já está na 31ª semana de gestação! Seu bebê começa a mudar de posição, se preparando para vir ao mundo.

terça-feira, Fevereiro 5th, 2019

Desenvolvimento do feto. 
O feto continua crescendo. Com 31 semanas de gestação, já atingiu a metade do peso que terá ao nascer e ainda crescerá mais alguns centímetros. Enquanto isso, ele começa a se colocar na posição que terá na hora do parto. Em 95% dos casos, a criança nasce virada para baixo, ou seja, a cabeça sai em primeiro lugar. Trata-se da chamada “apresentação cefálica”. A próxima ultrassonografia confirmará a posição atual do seu bebê. Caso o médico constate, durante esse exame, que a criança não está na posição correta, o que não significa que haja algum problema, poderá programar o parto para que tudo corra bem, talvez com uma cesariana.

 

Mudanças no corpo. 
Se você está surpresa com o tamanho de seus seios, lembre-se de que o corpo se prepara para amamentar. O grande momento se aproxima! Não se surpreenda se, algumas vezes, aparecerem pequenas manchas na blusa ou no vestido: é o colostro, substância secretada no seio antes do leite. Se já aconteceu, é um bom sinal: seus seios se preparam para alimentar seu filho. O colostro, que a criança ingere nos primeiros dias da amamentação, contém todos os anticorpos que reforçarão, imediatamente depois do parto, o sistema imunológico protegendo a criança contra as infecções – embora nem todas as mulheres produzam colostro nessa fase. Para evitar manchar a roupa, você pode usar um sutiã próprio para amamentação ou protetores (também chamados de discos), disponíveis em lojas de artigos para recém-nascidos.

 

O que comer e o que não comer. 
O aumento mais acelerado do peso do feto no final da gestação não exige que a mãe consuma mais calorias. Ela tem apenas que garantir aporte suficiente para os dois. É necessário, nessa fase da gravidez, o consumo de muitas frutas frescas, verduras, proteínas magras, produtos integrais e gorduras saudáveis – essa é a melhor maneira de garantir que seu filho receba todos os nutrientes de que precisa sem “roubá-los” de suas reservas. Dessa forma você terá toda a energia de que precisa nessa fase e para o parto.

 

Conselhos às gestantes. 
O tamanho dos seios não tem absolutamente nada a ver com a possibilidade ou não de amamentar bem o seu bebê. Repetimos: nada a ver! Mesmo que seus seios sejam pequenos, você não deverá ter nenhum problema para alimentar seu filho. Uma mulher de seios pequenos não produzirá menos leite que uma mulher de seios grandes. O que determina a quantidade de leite é o volume que o recém-nascido é capaz de mamar e o fato de mamar bem ou não.
Sim, isso depende totalmente dele!

 

Ler mais

Faça Parte do Clube dos Meus Primeiros 1000 dias

Tranquilidade na maternidade a apenas um clique de distância. Faça parte.

Conteúdo relacionado
As mães comentam este artigo0/5
Buscar

Ainda não encontrou
o que você estava procurando?

Experimente o nosso novo e inteligente mecanismo de busca. Nós sempre teremos algo para você.