CSS - followUS_icons

CSS_Brands_Megadropdown menu

CSS - BabyandMe POPIN

CSS - Benefits

CSS - Nutritional-Program

esconder navegacao

estilo para links e listas

esconder rendimento e cooking time

Compartilhar Artigo
X
34 semanas de gravidez

34ª Semana de Gravidez

Você chegou a 34ª semana e agora o movimento em sua barriga vai diminuir um pouco, porque já está tudo pronto para o parto! Seu bebê mede cerca de 45 centímetros e pesa em torno de 2 quilos.

terça-feira, Fevereiro 5th, 2019

Desenvolvimento do feto. 
O corpo do seu filho sabe o que tem que fazer. Na 34ª semana de gestação, de forma natural, ele já procura se posicionar e a bacia começa a se alongar. Você tem a sensação de que a criança pesa muito? Talvez sinta tensão ou uma dor radiante no baixo ventre. Isso é totalmente normal: as articulações pélvicas se afrouxam e os ligamentos se esticam, e isso pode ser muito desconfortável. É provável que o feto já tenha começado a descer em sua bacia, mas só se colocará completamente no lugar poucos dias, ou até poucas horas, antes do início das contrações no trabalho de parto.

 

Mudanças no corpo. 
Nas últimas semanas antes do parto você deve procurar se manter próxima de seu médico ou da maternidade. Nunca se sabe se seu bebê vai, de repente, ficar impaciente! As mães que trabalham podem finalmente descansar um pouco porque no fim dessa semana, na maioria dos casos, tem início a licença-maternidade. Para conceder a licença, sua empresa solicitará atestado médico. Se o bebê nascer antes do previsto, os dias “perdidos” da licença poderão ser recuperados após o nascimento. A licença-maternidade tem a duração de 120 dias. Nas empresas que aderiram ao projeto Empresa Cidadã, o período pode ser maior, de 180 dias. Há também a licença-paternidade, de 5 a 20 dias.

   

O que comer e o que não comer. 
Queremos prestar um serviço público em favor dos carboidratos. Comece o dia com um bom café da manhã à base de pão e geleia ou de cereais com frutas, além de suco de frutas frescas e laticínios. Não se esqueça de consumir alimentos que contenham amido na hora do almoço e do jantar para se beneficiar de boas fontes de carboidratos complexos, que proporcionem energia a longo prazo. As massas, o arroz, as batatas e as leguminosas (como feijões e lentilhas) são suas aliadas. Recomendamos, contudo, que os alimentos doces, como bolos, chocolates e outras guloseimas, sejam considerados apenas como caprichos ocasionais. Os açúcares neles contidos podem causar uma reação violenta do pâncreas, como um pico de insulina, o que talvez provoque uma crise de hipoglicemia. 

 

Conselhos às gestantes. 
É normal que, às vezes, você se sinta sem ânimo. O feto que cresce dentro de seu corpo ocupa muito espaço e agora está provavelmente comprimindo o diafragma e os pulmões. O resultado é uma sensação normal de dispneia. Essa sensação desaparecerá de forma natural quando o bebê se deslocar um pouco para baixo na preparação para o parto. Enquanto isso, procure posturas que permitam que seus pulmões se expandam adequadamente quando sentir dificuldade de respirar.
É importante que o feto receba o oxigênio necessário. 
 

Ler mais

Faça Parte do Clube dos Meus Primeiros 1000 dias

Tranquilidade na maternidade a apenas um clique de distância. Faça parte.

Conteúdo relacionado
As mães comentam este artigo0/5
Buscar

Ainda não encontrou
o que você estava procurando?

Experimente o nosso novo e inteligente mecanismo de busca. Nós sempre teremos algo para você.