CSS - followUS_icons

CSS_Brands_Megadropdown menu

CSS - BabyandMe POPIN

esconder navegacao

estilo para links e listas

esconder rendimento e cooking time

Compartilhar Artigo
X
35 semanas de gravidez

35ª Semana de Gravidez

Aproximadamente daqui um mês, você terá seu anjinho nos braços. Antes desse momento, porém, muitas coisas emocionantes ainda vão ocorrer. 

terça-feira, Fevereiro 5th, 2019

Desenvolvimento do feto 
Já se passaram 35 semanas de gravidez, e os pulmões do feto estão prontos – não apenas para o primeiro choro após o nascimento. A substância que reveste a superfície interna das extremidades dos alvéolos pulmonares de seu filho está presente em quantidades suficientes para assegurar sua flexibilidade e prevenir colapsos. As trocas entre seu corpo e a placenta continuam, e é isso que mantém o volume do líquido amniótico contido na chamada “bolsa amniótica”. Quando a criança está prestes a chegar ao mundo, a bolsa se rompe (ou “estoura”). Esse será o sinal de que você deve ir para o hospital. 

Mudanças no corpo 
De repente, de um dia para o outro, você respira com maior facilidade e a digestão melhorou. O que está acontecendo? É muito simples: o feto faz o que deve fazer, já se pôs de cabeça para baixo em sua bacia. Talvez você tenha sentido uma dor leve no abdômen: trata-se de contrações que pressionam seu útero para baixo, dando aos pulmões e ao estômago um pouco mais de espaço. Nas últimas semanas de gravidez, você terá, sem dúvida, a sensação de que seu corpo começa a preparar-se para o nascimento de seu filho. 

O que comer e o que não comer
Existe um motivo para que os ácidos graxos ômega 3 sejam chamados de “ácidos graxos essenciais”, e isso é muito óbvio: eles são mesmo essenciais, pois nosso corpo não pode sintetizá-los. Eles participam da estrutura das membranas celulares e, em particular, do cérebro. Atuam na regulação do fluxo de informações entre as células, especialmente as neuronais, e são imprescindíveis nas funções imunológicas normais. Todos os ácidos ômega 3 que você ingere por meio de sua alimentação passam para o corpo do seu filho através da circulação fetoplacentária. Esses ácidos graxos “mágicos” são encontrados nos azeites de linhaça e de canola, nas nozes e no azeite de nozes, no germe de trigo e nos peixes gordos, como salmão, sardinha, halibute e cavala. Lembre-se deles quando temperar sua salada e coma algumas porções de peixe gordo todas as semanas (mas prefira peixes pequenos, como sardinhas, cavalas e arenques, para evitar o risco de contaminação por mercúrio). 

Conselhos às gestantes 
A partir da segunda semana de vida, aproximadamente, os recém-nascidos começam a engordar cerca de 30 gramas por dia quando são alimentados apenas leite materno. Além disso, seu leite se ajustará automaticamente às necessidades da criança. No início da fase de amamentação, o leite é fluido e aquoso, pois o propósito é saciar a sede de seu filho. Depois se tornará mais espesso e mais rico para saciar a fome. Se a criança desenvolve um apetite maior, o corpo da mãe se ajusta em dois dias, passando a produzir mais leite. É incrível! 
 

Ler mais

Faça Parte do Clube dos Meus Primeiros 1000 dias

Tranquilidade na maternidade a apenas um clique de distância. Faça parte.

  • Aprenda sobre nutrição no seu próprio ritmo
  • Experimente ferramentas práticas, feitas sob medida
  • Obtenha a ajuda e as respostas que você precisa, sem perda de tempo
Conteúdo relacionado
As mães comentam este artigo0/5
Buscar

Ainda não encontrou
o que você estava procurando?

Experimente o nosso novo e inteligente mecanismo de busca. Nós sempre teremos algo para você.