Feed icon
Artigo

40ª Semana de Gravidez

Fase final! Se ainda não nasceu, seu filho chegará nos próximos dias mesmo que o médico tenha de dar um empurrãozinho. Você, finalmente, vai ser mamãe!

3mins
para ler Fev 5, 2019

Desenvolvimento do feto na 40ª Semana de Gravidez

Este será o parágrafo mais curto de todas as semanas de gestação: a criança está pronta para nascer! Não há mais progressos nem ocorrerá nada de novo. Vocês dois estão simplesmente à espera do grande evento. Caso seu filho não queira abandonar seu ventre acolhedor depois da 40ª semana, não se preocupe. É bem reduzido o número de crianças que nascem exatamente na data calculada. O médico só poderá induzir o nascimento após 14 dias da data calculada. Então mantenha-se calma, isso é bom para você e para o seu bebê.

Mudanças no corpo na 40ª Semana de Gravidez

Você está no período considerado “oficialmente” como a última semana de gravidez. O nascimento é um grande feito físico tanto para a criança quanto para a mãe. Seu filho desempenha um papel importante quando dá pontapés contra o útero e o canal do parto, e retorce o corpinho muito habilmente para sair de seu ventre. Numa demonstração de design inteligente, os dois ossos cranianos da criança ainda não estão unidos e, desse modo, podem ser pressionados um contra o outro durante o parto. O espaço entre os ossos da cabeça do recém-nascido se fecha, aproximadamente, 18 meses após o nascimento.

O que comer e o que não comer na 40ª Semana de Gravidez

Você tem comido muito bem durante os últimos nove meses, alimentando-se por dois, mas também promovendo hábitos saudáveis tanto para seu organismo quanto para o de seu bebê. É importante manter esses hábitos, mas não esqueça de se agradar um pouco na fase atual, pois você tem todo o direito a esses mimos! Não estamos sugerindo que satisfaça todos os seus caprichos alimentares, mas se quiser um sorvete ou um pouco de chocolate, o melhor momento para ceder a esse desejo é agora. Aproveite! 

Conselhos às gestantes na 40ª Semana de Gravidez

Imediatamente após o nascimento a maioria dos médicos, ou das enfermeiras, coloca o bebê  virado para baixo, sobre o peito da mãe, onde ele se sentirá confortável - apesar do novo ambiente - sentindo o calor, o cheiro da pele e reconhecendo a voz e os batimentos do coração da própria mãe. Esse é um bom momento para pôr o recém-nascido sobre sua pele nua e aproximá-lo do peito para senti-lo e fazê-lo mamar pela primeira vez.

Você finalmente poderá ter nos braços seu desejado filho, depois de tanto esforço. Essa é a melhor recompensa! Parabéns e nossos melhores votos para sua nova vida!