MyFeed Personalized Content
Pré-Concepção
Artigo
Add this post to favorites

Porque é importante comer bem antes da gravidez?

0
0 reviews

   

3mins para ler Jul 14, 2016

A alimentação saudável na gravidez tem papel extremamente importante. É ela que vai garantir que o seu bebê receba todos os nutrientes que precisa para se desenvolver. Na verdade, a alimentação saudável precisa ser um hábito anterior à gravidez. Isso porque as reservas de nutrientes, principalmente de ácido fólico e ferro, demoram um tempo para se formarem e são essenciais para os primeiros dias do bebê.
 

Alimentação na gravidez: o ácido fólico é bom para o sistema nervoso do bebê

O ácido fólico, também conhecido como vitamina B9, é especialmente importante desde o início da gravidez. O ácido fólico tem um papel crucial na formação e funcionamento do sistema nervoso do feto e também no desenvolvimento e na produção de glóbulos vermelhos. À medida que os tecidos maternos (sangue, útero etc.) expandem, as necessidades nutricionais de ácido fólico aumentam. As necessidades nutricionais são estimadas em 0,4 mg/dia para mulheres grávidas, comparadas com 0,3 mg/dia para a população em geral.

Atualmente é recomendado que todas as mulheres que planejam engravidar façam suplementação de ácido fólico, pelo menos 2 meses antes e que continuem a suplementação durante o primeiro trimestre ou durante toda a gravidez. Por isso é útil fazer um check-up antes de engravidar e conversar com o médico sobre isso. Mas nem tudo é programado e previsível! Se não teve tempo antes de engravidar, não entre em pânico, ok?

Se não tomou ácido fólico, antes ou no início da sua gravidez, não se preocupe. Lembre-se que uma alimentação completa, variada e equilibrada é capaz de satisfazer a totalidade ou parte das suas necessidades diárias.
 

Veja quais são os alimentos mais ricos em ácido fólico
 

  • Hortaliças verde escuras (espinafre, brócolis, aspargo, couve) e outros vegetais, como a beterraba e as cenouras
  • Carnes vermelhas, fígado de vitela;
  • Miúdos de aves, fígado;
  • Gema de ovo;
  • Leguminosas (feijão, grão, milho, lentilhas etc.);
  • Frutas (laranja, frutos vermelhos etc.);
  • Queijos pasteurizados, como Camembert etc;
  • Cacau.
     

Alimentação saudável na gravidez: saiba qual a importância do ferro
 

O ferro é com frequência esquecido, uma em cada quatro mulheres em idade fértil sofre de deficiência de ferro. Essa deficiência é ainda mais fácil de surgir durante a gravidez, já que as necessidades da grávida vão quase duplicar: de 16 mg/dia antes da gravidez para 20 ou 30 mg/dia durante o terceiro trimestre. Daí ser tão importante ter atenção ao seu aporte de ferro antes e depois da concepção!

Por quê? O ferro é o principal constituinte da hemoglobina, permitindo que os glóbulos vermelhos transportem o oxigênio até as células. Esse mineral é importante tanto para a mãe como para o bebê, já que o ferro está envolvido no desenvolvimento neurológico do seu embrião.

Não entre em pânico: diversos alimentos são ricos em ferro e você pode facilmente incluí-los em sua alimentação diária. Veja quais são:

  • Carnes vermelhas, fígado de vitela;
  • Vegetais verde escuros (espinafre, brócolis, couve);
  • Leguminosas (grão, lentilhas etc.);
  • Ovos;
  • Chocolate amargo.
     

Para terminar, se os seus exames laboratoriais revelaram que você tem uma deficiência grave de ferro no organismo, o seu médico pode te prescrever um suplemento de ferro. Mas atenção! A automedicação é muito perigosa. Não tome nenhum medicamento antes de consultar o seu médico.