Feed icon
Artigo

Brincadeira é coisa séria

Como brincar pode ajudar a entender o que se passa na cabeça dos nossos filhos?

1min
para ler Mar 13, 2019

A rotina, o trabalho, as responsabilidades e o estresse não deveriam interferir no tempo que os pais passam com seus filhos. Deixe-se entregar àquela brincadeira gostosa, pois esses momentos são importantíssimos para o desenvolvimento das crianças.

Os pequenos têm muita imaginação e frequentemente misturam fantasia e realidade. Por meio da brincadeira eles revelam medos, aprendem a fazer escolhas, lidam com os sentimentos e exploram o ambiente. Tudo isso é fundamental para que eles reconheçam o mundo e se diferenciem do outro. É, portanto, uma oportunidade preciosa para entender como se sentem.

Saiba mais:     

Escola: Continua o que começa em casa

Nutrir com afeto

Nossos filhos percorrem um caminho em direção à autonomia. A capacidade para brincar vai sendo desenvolvida, mas isso só é possível se houver confiança, sustentação na relação. E é aí que a presença dos pais é necessária.

Brincadeiras com areia e água, tinta, massinha, cola e afins, ajudam a entender o que se passa no corpo. Não deixe de compartilhar destes momentos, pois a felicidade se nutre todo dia.

*Baseado no artigo da psicóloga Paloma Vega de Matos Martins. Leia o texto completo aqui.