Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

CSS - followUS_icons

CSS_Brands_Megadropdown menu

esconder navegacao

estilo para links e listas

esconder rendimento e cooking time

Compartilhar Artigo
X
bebe sorrindo

Brotoeja em bebê: o que é e como evitar

Veja o que fazer para evitar e tratar e a brotoeja no seu filho 

terça-feira, Junho 30th, 2020

A brotoeja em bebê é o nome popular que se dá à miliária, uma dermatite inflamatória causada por uma obstrução das glândulas sudoríparas, impedindo a saída de suor. Essa condição é muito comum em bebês e crianças e costuma se manifestar nas seguintes partes do corpo: pescoço, tronco, axilas e dobrinhas do corpo, formando pequenas bolinhas avermelhadas, chamadas de pústulas ou pápulas.

A brotoeja pode se manifestar em qualquer local do corpo do bebê e apresentar diferentes formatos dependendo da extensão do bloqueio das glândulas: bolhas pequenas, transparentes e sem inflamação visível são comuns quando atingem apenas a parte superficial da epiderme. Já bolhas maiores, avermelhadas e com sinal de inflamação indicam que a lesão é mais profunda. Apesar de não causar riscos ao bebê, essas lesões costumam causar bastante incômodo e deixar o bebê irritado.

Como evitar e tratar a brotoeja em bebê?

Apesar de ser uma condição bastante comum, principalmente em locais quentes e úmidos, existem algumas precauções que ajudam a reduzir a brotoeja nos pequenos. Veja abaixo:

  • Secar bem o bebê após o banho, principalmente as dobrinhas do pescoço, axila, braço e virilha;
  • Evitar deixar o bebê com excesso de roupa, principalmente nos dias mais quentes;
  • As fraldas devem ser fixadas junto ao corpo, mas nunca apertadas demais;
  • Evitar roupas apertadas, principalmente nos locais de maior propensão à brotoeja;
  • Lavar a roupa do bebê com produto específico e separada dos outros moradores da casa. A pele deles é muito delicada e um sabão comum pode causar dermatite;
  • Dar preferência a roupas de tecidos naturais, como algodão, por exemplo;
  • Manter o ambiente sempre ventilado, principalmente nos dias mais quentes e úmidos;
  • Manter o bebê bem hidratado.

O tratamento da brotoeja depende do local e extensão da lesão, mas casos leves costumam desaparecer sozinhos, principalmente quando o calor ameniza. Mas atenção! A Sociedade Brasileira de Pediatria não recomenda o uso de talco antisséptico, pois há risco de aspiração pelo bebê. Uma opção mais segura indicada por pediatras é a pomada de óxido zinco puro.

”banner_mucilon”

Ler mais

Faça Parte do Clube dos Meus Primeiros 1000 dias

Tranquilidade na maternidade a apenas um clique de distância. Faça parte.

  • Aprenda sobre nutrição no seu próprio ritmo
  • Experimente ferramentas práticas, feitas sob medida
  • Obtenha a ajuda e as respostas que você precisa, sem perda de tempo

Vamos Começar!

Conteúdo relacionado
As mães comentam este artigo0/5
Buscar

Ainda não encontrou
o que você estava procurando?

Experimente o nosso novo e inteligente mecanismo de busca. Nós sempre teremos algo para você.