Feed icon
Artigo

Conselhos para evitar as birras na hora da comida

Seguindo estas dicas fáceis que preparamos você vai aprender o que deve, e não deve, fazer para prevenir birras e ataques de raiva na hora de comer.

2mins
para ler Jul 19, 2019

Veja como evitar as birras na hora da comida

As birras são um dos problemas mais comuns nas crianças pequenas de 1 a 5 anos de idade, e a hora de comer costuma ser seu momento favorito para fazê-las. A principal razão é seu forte desejo de independência, que se soma com sua pouca capacidade para controlar suas emoções.

As birras são um componente natural de seu crescimento e desenvolvimento, e que, apesar de ser algo normal durante esta etapa, são algo que você pode prevenir na maioria das vezes. Verifique os seguintes conselhos que a ajudarão a evitar as birras na hora da refeição:

  • Muitas vezes, as crianças ficam de mau humor simplesmente porque têm fome - então, uma solução simples, é ter prontos pequenos lanches para que seu filho possa comer algo entre as refeições e não fique esfomeado (e de mau humor) na hora da comida.
  • Tenha expectativas reais, as crianças não podem ficar sentadas por longos períodos de tempo, sem alimento em seus pratos e comer sem fazer nenhuma sujeira. Procure sentar seu filho à mesa uma vez que a comida esteja servida e sim, peça a ele que coma de forma mais organizada possível, mas evite passar o tempo inteiro lembrando que abaixe os cotovelos da mesa. É realmente incômodo comer e alguém ficar falando o que está fazendo errado.
  • Faça com que a hora da refeição seja um momento prazeroso, aproveitem para conversar sobre coisas divertidas que aconteceram durante o dia ou reconhecer as conquistas que seu filho alcançou ultimamente.

 
Não se preocupe se seu filho pulou a refeição devido a uma birra, ele não ficará desnutrido: mas, se pouco tempo depois, disser que está com fome:

  • Lembre-o que não comeu devido à sua própria decisão.
  • Não ofereça lanches pouco saudáveis para satisfazer sua fome.
  • Ofereça novamente os alimentos que não quis comer durante a hora da refeição.

 
Lembre-se: todas as crianças são diferentes, enquanto umas podem fazer grandes e escandalosas birras, outras se negam a comer de forma tranquila e serena. Os métodos que podem funcionar para uma delas nem sempre funcionarão para outras - somente você, que conhece perfeitamente seu filho, saberá qual é a melhor maneira de administrar estas situações.