Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

CSS - followUS_icons

CSS_Brands_Megadropdown menu

esconder navegacao

estilo para links e listas

esconder rendimento e cooking time

Compartilhar Artigo
X

Conselhos para produzir mais Leite Materno

Ainda que amamentar seja um processo natural, às vezes pode ser difícil e requer certa adaptação e prática no início.

segunda-feira, Julho 15th, 2019

Ainda que amamentar seja um processo natural e que deve ser iniciado logo após o nascimento, às vezes pode ser difícil e requer certa adaptação e prática. Além de todos os sentimentos envolvidos no processo, ainda existem muitos mitos em torno do aleitamento materno que, em algumas ocasiões, em vez de ajudar, atrapalham. Apesar de toda a propagação de informação, muitas mulheres ainda acreditam que não produzem quantidade suficiente ou acham que o leite é fraco. É importante destacar que o seu corpo tem a capacidade de produzir a quantidade de alimento que o seu bebê precisa, mas, por falta de informação ou prática, é comum que muitas mães se preocupem e achem que não têm leite suficiente.

Leite materno: saiba como ele é produzido

Lembre-se que o leite materno é o melhor alimento para o seu bebê e que o ideal é que o seu consumo seja em livre demanda, ou seja, na hora que seu pequeno tiver fome, sem importar quantas vezes ele peça durante o dia ou durante a noite. Como a produção de leite materno é um processo fisiológico regido pela oferta e demanda, quanto mais você amamentar o seu bebê, mais leite o seu organismo vai produzir.

 

O seu bebê, além de se alimentar através do leite materno, tem grande importância no processo da amamentação. A sucção que ele faz ao mamar estimula as terminações nervosas do peito e são elas que enviam um sinal para o cérebro para liberar dois hormônios: a prolactina e a oxitocina. A prolactina faz com que os alvéolos peguem nutrientes do seu sangue e os transformem em leite materno, enquanto a ocitocina faz com que estas células localizadas no peito, os alvéolos, se contraiam e expulsem o leite.

Leite materno: veja algumas curiosidades sobre o alimento do seu bebê

A capacidade do estômago do seu bebê quando nasce é de apenas 30ml, o que pode ser comparado a um copinho de café. Ou seja, se você acha que está dando pouco durante a amamentação do recém-nascido, saiba que ele realmente só precisa de pouco nos primeiros dias.

 

Aproximadamente na 3ª, 6ª e 12ª semanas, todos os bebês têm um pico de crescimento e é por isso que, durante 2 ou 3 dias, comem mais do que o normal. Às vezes, isso assusta e pode levar a pensar que eles estavam se alimentando de forma insuficiente, mas não se preocupe, ele sozinho estabelece quanto quer e depois tudo volta ao normal.

 

Outra coisa: cuidado com alimentos milagrosos! Não está comprovado que um alimento ou bebida aumente a produção do leite. Uma alimentação saudável e balanceada, com variedade de nutrientes, é recomendado para a saúde da mãe.

 

Manter-se hidratada, junto com a dieta balanceada, a ajudará a produzir leite na quantidade e qualidade adequada. É importante que você tenha um correto consumo de líquidos onde o principal é consumir água potável e própria para o consumo. Para saber o ideal diário de líquidos, você pode multiplicar o seu peso por 35. O resultado é a quantidade em mililitros que você precisa ingerir. Não espere sentir sede para beber água, esse é um sinal que o seu corpo está ficando desidratado.

Sinais de que a oferta de leite materno está sendo suficiente

 

  • A carinha do seu bebê ao terminar de mamar fica satisfeita e relaxada; Molha de 5 a 6 fraldas diárias;
  • Seus seios esvaziam ao terminar a amamentação;
  • Peso e estatura dentro dos parâmetros é o melhor indicador de que o bebê está bem alimentado.

Dicas para uma amamentação adequada

 

Informação é a melhor ferramenta para uma amamentação bem sucedida. Ainda na maternidade, um profissional especializado pode te auxiliar com técnicas e posições corretas que ajudam durante a amamentação como a pega correta, por exemplo. Veja abaixo algumas dicas para esse momento a sós com o seu bebê.

 

  • Se você já está com seu bebê em casa, procure criar um ambiente tranquilo para amamentar. Encontre a postura ideal para você, coloque sua música favorita e relaxe;
  • se que seu bebê esteja na posição adequada e dê a ele tempo suficiente para esvaziar ambos os peitos, sem contar os minutos que fique em cada lado;
  • Tente descansar. Ainda que pareça impossível durante as primeiras semanas, procure momentos para tirar sonecas ou ao menos deitar e relaxar;
  • Estimular os seios faz com que o leite seja produzido com mais frequência. O aleitamento materno, sobretudo no início, deve ser em demanda, por isso você pode dar o peito ao seu bebê sempre que ele pedir;
  • Intercalar as mamadas de seu bebê com extrações com a bombinha de tirar leite também estimula sua produção. Isso também pode ser feito para mães que precisam se ausentar;
  • Se a sua produção de leite for muito além do necessário para o seu filho, procure o banco de leite da sua cidade para fazer uma doação. Você pode usar a bombinha de tirar leite e buscar informações de como armazenar leite materno para aguardar a retirada.

 

Não fique com nenhuma dúvida! Seja parte da comunidade Começo Saudável Vida Saudável e pergunte-nos tudo o que precisa saber sobre o desenvolvimento do seu bebê.

Ler mais

Faça Parte do Clube dos Meus Primeiros 1000 dias

Tranquilidade na maternidade a apenas um clique de distância. Faça parte.

  • Aprenda sobre nutrição no seu próprio ritmo
  • Experimente ferramentas práticas, feitas sob medida
  • Obtenha a ajuda e as respostas que você precisa, sem perda de tempo

Vamos Começar!

Conteúdo relacionado
As mães comentam este artigo0/5
Buscar

Ainda não encontrou
o que você estava procurando?

Experimente o nosso novo e inteligente mecanismo de busca. Nós sempre teremos algo para você.