CSS - followUS_icons

CSS_Brands_Megadropdown menu

CSS - BabyandMe POPIN

CSS - Benefits

CSS - Nutritional-Program

CSS GERAL MUCILON PRODUCTS

esconder navegacao

estilo para links e listas

esconder rendimento e cooking time

Compartilhar Artigo
X

Gravidez de alto risco?

Conheça algumas das causas e os cuidados que você deve ter da gravidez de alto risco

Quinta-feira, Julho 4th, 2019

Aprenda mais sobre os motivos, os cuidados e as atividades que você pode fazer no caso de estar em repouso absoluto.

Estar grávida é uma notícia que muda sua vida. De uma hora para a outra seus sonhos, planos, pensamentos, ideias e prioridades se transformam. A partir do momento que você fica sabendo que será mãe, espera que seu bebê esteja se desenvolvendo como se deve semana a semana e que nasça saudável. Mas o que acontece quando há risco de não ser assim?

Desde as primeiras consultas de controle pré-natal, o especialista pode ter noções de sua futura saúde e a do bebê. Alguns motivos para que uma gravidez seja considerada de alto risco são:

  • Histórico de parto prematuro, bebê com baixo peso ao nascer ou uma cesárea antes desta gravidez.
  • Idade avançada da mãe (mais de 35 anos)
  • Gravidez múltipla
  • Aborto anterior
  • Complicações da placenta
  • Sangramento vaginal
  • Doenças como diabetes, hipertensão, obesidade ou sobrepeso
  • Pré-eclâmpsia ou diabetes gestacional em uma gravidez anterior

 

Se esse for seu caso, saiba que o diagnóstico não vai impedir que você possa ter uma gravidez tranquila, saudável e, inclusive, chegar ao final desde que:

  • seja detectada a tempo
  • siga as indicações do seu profissional da saúde
  • seja positiva

 

Apesar de ser uma situação delicada, você deve saber que não é a única, não está sozinha, e isso não significa que tenha feito algo errado. Alguns diagnósticos não estão relacionados com atividades ou hábitos da mãe, são prevenções que ajudam a evitar que ocorra um problema maior.
 
Para sua saúde emocional é muito importante que não se isole. Estar acompanhada é um fator importante para evitar a depressão, pois a ansiedade e o estresse podem afetar o bem-estar da sua gravidez. Receber visitas, conversar com familiares e amigos ou inclusive buscar um grupo de apoio em redes sociais para conhecer e compartilhar seu sentir com a experiência de outras mulheres, que estão vivendo o mesmo, sem dúvida pode ajudá-la.
 
E, ainda que nem tudo dependa de você, existem ações que você pode tomar para favorecer a estabilidade da sua mente, corpo e gravidez, pois seu bebê e você estão conectados desde o primeiro momento e sua tranquilidade é a dele, ou seja, se você estiver animicamente bem, ele poderá perceber. 
 


Você sabia que as emoções que você sente durante a gravidez podem determinar alguns traços de personalidade do seu bebê? É um grande motivo para ter bom humor!
 


Não se esqueça que o importante é entrar em contato com o seu profissional da saúde se perceber algum sinal de alarme.  Se não sabe quais são, você pode ler:  Quais são os sinais de alarme na gravidez? Agir a tempo pode fazer a diferença.


 
Cadastre-se e saiba mais sobre a saúde na gravidez e outros temas relacionados com a nutrição e desenvolvimento do seu bebê.

Ler mais

Faça Parte do Clube dos Meus Primeiros 1000 dias

Tranquilidade na maternidade a apenas um clique de distância. Faça parte.

Conteúdo relacionado
As mães comentam este artigo0/5
avatar
Buscar

Ainda não encontrou
o que você estava procurando?

Experimente o nosso novo e inteligente mecanismo de busca. Nós sempre teremos algo para você.