Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

CSS - followUS_icons

CSS_Brands_Megadropdown menu

esconder navegacao

estilo para links e listas

esconder rendimento e cooking time

Compartilhar Artigo
X

O meu bebê toma muito leite, é normal?

Você sabe o que é um surto de crescimento? Averigue aqui.

Quinta-feira, Julho 11th, 2019

Muitas vezes os bebês aumentam as mamadas de leite e mudam seus hábitos de demanda. É totalmente normal. Continue lendo para saber mais.

Todos os bebês experimentam crises de crescimento em algum ponto dos seus primeiros meses de vida. Ainda que não se tenha um padrão sobre como e quando acontece (alguns bebês pode ter durante seus primeiros dias, outros no terceiro mês), seus sintomas podem se confundir com muitas outras coisas.
 
Vamos contar três mitos mais frequentes durante esta etapa (muitas mães acreditam que se trata de mil coisas, menos de um surto de crescimento) e o que você pode fazer para enfrentá-la.


Mito n° 1: O meu bebê come muito e meu leite não é suficiente

Muitas mães podem acreditar que, ao invés de surto, se trata de uma baixa na produção de leite materno. Inclusive, quando isso acontece, os seios podem ficar diferentes; estão mais macios e já não pingam. Você pode pensar que está produzindo menos leite, mas na realidade o que acontece é que o seu corpo já detectou que o seu bebê está crescendo e precisa mudar a composição do leite.
 
Quando o seu bebê acaba de nascer, é normal produzir muito leite, com certeza você estava se acostumando a ter seios cheios de leite, vazamentos e já tinha suas medidas prontas.
 
Não é nada, não significa que você esteja produzindo menos leite ou que seu bebês não esteja se satisfazendo. Quando um bebê está crescendo, aumenta sua demanda de leite durante o dia e a noite e também é comum que estejam muito mais inquietos. O seu leite se adaptará, aos poucos, ao surto de crescimento


Mito n° 2: O meu bebê não se satisfaz com meu leite e por isso pede mais

Outra coisa que pode passar pela sua cabeça quando seu bebê mudar as mamadas é que pode ficar com fome depois de cada mamada. A grande maioria das mães que oferecem o peito conseguem produzir a quantidade suficiente de leite que os seus bebês precisam. O importante é continuar com as mamadas sempre que ele pedir. Para saber se o seu bebê está satisfeito, você pode caminhar com ele em seus braços depois de uma mamada, se estiver satisfeito, ele adormecerá alguns minutos depois de dar um passeio. Se o seu bebê continuar inquieto ou não parar de chorar, é provável que continue com fome.


Mito n° 3: Se o meu bebê não se satisfaz, devo dar outros líquidos?

Durante os primeiros meses de vida, o único alimento que o seu bebê deve receber é o leite materno. É importante que você saiba que seu leite tem a quantidade adequada de nutrientes, gordura, água e proteína que o seu bebê precisa para crescer de forma adequada. Os bebês alimentados no seio materno em muitas raras ocasiões chegam a desenvolver obesidade.

 
O que esperar durante um surto de crescimento?

  • O seu bebê mama mais vezes seguidas
  • Haverá mudanças em seus padrões de sono: talvez não esteja dormindo tanto quanto antes
  • Ou, ao contrário, talvez durma muito mais que o normal. Não se apresse, deixe que seu bebê durma e descanse tudo que precisar. Se o seu bebê tiver menos de duas semanas, é importante que o acorde ao menos a cada duas horas para amamentar.
  • Você perceberá que ele fica mais inquieto e ativo durante o dia
     

Você também sente algo estranho?

Durante os surtos de crescimento, as mães podem se sentir mais cansadas e famintas, pois seu corpo está mudando a composição e o volume do leite materno. Cuide da sua alimentação, mantenha-se hidratada e descanse o suficiente. Se trata de um trabalho em equipe.
 

 

Ler mais

Faça Parte do Clube dos Meus Primeiros 1000 dias

Tranquilidade na maternidade a apenas um clique de distância. Faça parte.

  • Aprenda sobre nutrição no seu próprio ritmo
  • Experimente ferramentas práticas, feitas sob medida
  • Obtenha a ajuda e as respostas que você precisa, sem perda de tempo

Vamos Começar!

Conteúdo relacionado
As mães comentam este artigo5/5

Meu medo era esse

Minha filha completou três semanas e está exatamente assim como no artigo, eu estava desesperada, pois nem dormi ela conseguia, me ajudou a entender o quão importante é pesquisar a fundo sobre o assunto

Buscar

Ainda não encontrou
o que você estava procurando?

Experimente o nosso novo e inteligente mecanismo de busca. Nós sempre teremos algo para você.