CSS - followUS_icons

CSS_Brands_Megadropdown menu

CSS - Páginas Especiais

CSS - BabyandMe POPIN

esconder navegacao

estilo para links e listas

esconder rendimento e cooking time

Constipação Intestinal

Constipação Intestinal

Constipação
Constipação
Constipação

O que é a constipação intestinal?

Trata-se da dificuldade da criança ou do bebê em eliminar as fezes, exigindo muito esforço na hora de evacuar e, normalmente, com a presença de fezes ressecadas. Ela também é conhecida por outros nomes, como intestino preso, prisão de ventre e, por alguns
médicos, como obstipação e pseudoconstipação.

Como sei se meu bebê está constipado?

Para saber ou reconhecer se o bebê está constipado, antes é necessário compreender o que seria o normal. No começo da vida, é muito comum que lactentes evacuem várias vezes ao dia, e o esperado é que essa frequência reduza por volta dos seis meses de
idade. Depois que a criança começa a se alimentar, a frequência vai reduzindo até chegar a uma média de 3 a 4 evacuações por semana, sendo isso considerado como normalidade.

De acordo com o pediatra e neonatologista Dr. André Laranjeira, é possível identificar sinais de constipação na hora de evacuar, quando a criança:

  • Faz muito esforço.
  • Fica com a pele vermelhinha
  • Começa a se contorcer
  • Apresenta sangue nas fezes

Um bebê pode ficar sem evacuar por até 10 dias e, apesar de ser um número longo, se ele está bem, sem fazer esforço e se alimentando bem, é possível tolerar. Já para as crianças maiores, o esperado é que elas evacuem em até 3 dias no máximo. Se elas começarem
a apresentar esforço, dor e choro, recomenda-se pedir ajuda ao pediatra da criança.

O que posso fazer se meu filho estiver constipado?

Dr. André informa que existem ações que podem ser realizadas pelos cuidadores quando o bebê estiver constipado:

  • Massagens suaves no abdômen do bebê.
  • Fletir as perninhas sobre o abdômen (conhecido como “bicicletinha”).
  • Estímulos com algodão umedecido na região perianal para que a criança sinta vontade de evacuar.
  • Se for necessário, também é possível conversar com o pediatra do bebê sobre o uso do supositório mais adequado.

Na criança acima de 1 ano deve-se avaliar:

  • a hidratação, se ela está bebendo água de forma adequada, e
  • a alimentação, percebendo se há uma ingestão adequada de fibras
  • Também é possível realizar as mesmas ações já mencionadas, como massagens e movimento de bicicletinha. Se houver necessidade, conversar com o médico sobre o melhor tratamento.

A constipação traz algum problema ao bebê ou para a
criança?

A constipação não traz problemas graves para o bebê ou para a criança. Mas, existem algumas observações: quando as fezes estão muito endurecidas, elas podem ocasionar pequenas fissuras, que trazem sangramento nas fezes e a longo a prazo, quando
a criança começa o processo de desfralde, a constipação pode gerar medo e insegurança. Então, os cuidadores que cuidam da constipação do bebê desde cedo já estão ajudando para que o processo de desfralde aconteça bem. Não deixe de consultar
o pediatra do seu filho se estiver com dúvidas em relação à constipação e para obter orientações individualizadas. As dicas presentes neste texto não substituem uma consulta médica.

Agradecemos a colaboração do Dr. André Laranjeira nesta edição do "Pergunte ao Médico":

Dr. André Laranjeira
- Graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP)
- Residência Médica em Pediatria pelo Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP
(HC-FMUSP)

- Título de Especialista em Pediatria pela Sociedade Brasileira de Pediatria e Associação Médica Brasileira (SBP / AMB)

- Member of European Academy Of Paediatrics

- Complementação Especializada em Neonatologia pelo Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da Faculdade da Medicina da USP

- Pós Graduado Latu Sensu em Nutrologia pela Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN)

- Pós Graduado em Pediatric Nutrition pela Boston University School of Medicine (EUA)

- Pós Graduação em Early Nutrition Specialist pela Ludwig-Maximilians-Universitat Munchen (LMU/ ALE)

- Pediatra e Neonatologista do Hospital Israelita Albert Einstein

- Curso Lifestyle Medicine pela Universidade de Harvard (Boston/EUA)

- Diretor de Conteúdo Médico da plataforma de cursos e treinamentos para o setor de saúde Health Content

- Consultor no Medical Board de empresas da área da saúde

- Palestrante e autor de capítulos de livros médicos

As mães comentam este artigo0/5
Buscar

Ainda não encontrou
o que você estava procurando?

Experimente o nosso novo e inteligente mecanismo de busca. Nós sempre teremos algo para você.