Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

CSS - followUS_icons

CSS_Brands_Megadropdown menu

esconder navegacao

estilo para links e listas

esconder rendimento e cooking time

Compartilhar Artigo
X
mãe com bebê recém nascido

Puerpério durante o Covid-19: autocuidado e rede de apoio são muito importantes para as mães nesse momento

Veja dicas de como passar pelo puerpério de maneira mais tranquila durante o Covid-19

Sexta-feira, Maio 15th, 2020

O puerpério, também conhecido como resguardo ou pós-parto, é um momento muito delicado na vida da família que acabou de nascer: mãe, pai e bebê. Além de toda mudança hormonal que acontece no corpo da mulher, existe o período de adaptação à nova rotina e os cuidados que um recém-nascido exige. Somado a tudo isso, a pandemia do Covid-19 trouxe ainda mais insegurança, medo e solidão para essas mães: insegurança sobre como esse cenário pode afetar o desenvolvimento do bebê; medo de contaminação; e solidão pela ausência de familiares e amigos, seja para visitar ou como rede de apoio.

Nesse período após o parto, é normal que toda a atenção e cuidados estejam voltados para o bebê, mas é essencial que a mãe seja cuidada e consiga ter alguns minutos por dia para si, principalmente durante a quarentena. Convidamos a ginecologista e obstetra Tatiana Pellegrini para esclarecer as principais dúvidas sobre os cuidados com as mães durante esse período. Veja abaixo:

Baby&Me - A imunidade das puérperas é mais baixa?

Dra. Tatiana - De um modo geral, as gestantes e puérperas têm uma resposta imunológica inferior frente a uma infecção por vírus ou bactéria, que muito provavelmente ocorre devido a flutuação hormonal destes períodos, tanto da gestação quanto do puerpério. E, principalmente no período puerperal, que é uma fase em que a rotina da mulher muda muito, existe a privação do sono, que é um fator importante que acontece.

B&M - Quais são os cuidados recomendados com a mãe e com o bebê durante os primeiros dias?

Dra. Tatiana - O principal cuidado com a mãe e o bebê é manter o isolamento social. No caso da mamãe, descansar o máximo possível, ter uma alimentação saudável, manter-se longe do estresse (isso pode dificultar na descida do leite), e ter o apoio das pessoas próximas, do marido ou quem estiver disponível em casa. O apoio familiar nesse momento é muito importante!

E com o bebê, também não ter visitas nesse período, ter um isolamento social e, no caso das pessoas que possam ir ajudar, como os avós, ou uma pessoa próxima, também ter passado pelo período de quarentena, ou ter ficado pelo menos em 14 dias em isolamento antes da criança nascer. É fundamental o bebê ter contato com o menor número de pessoas possível. A amamentação também é essencial nesse período em que a imunidade do bebê ficará melhor com os benefícios do leite materno.

B&M - As primeiras consultas continuam sendo presenciais? Quais os cuidados durante o trajeto?

Dra. Tatiana - É essencial o acompanhamento do pediatra nas primeiras consultas de forma presencial, principalmente para o médico pesar o bebê, orientar sobre as primeiras vacinas, fazer o exame físico para ver se a criança está tendo um desenvolvimento adequado. Tem que manter a rotina tanto do pré-natal quanto das primeiras consultas do bebê, pessoalmente.

Sobre os cuidados durante o trajeto: os pais devem usar máscara o tempo todo, assim como o médico e demais funcionários do consultório, limpar as mãos com álcool gel, evitar conversar próximo da criança, evitar que outras pessoas peguem o bebê, não pegar na mão da criança em hipótese alguma, tentar manter o máximo de isolamento social da criança mesmo nessas saídas.

B&M - Quais as dicas de autocuidado para as mães?

Dra. Tatiana - Ter apoio familiar é essencial para que as puérperas consigam ter um momento de 'autocuidado', ou seja, uma rotina de higiene, um banho relaxante, banho de sol para ela e para a criança em alguns melhores horários, no período da manhã ou fim da tarde (mesmo que dentro de casa), e a criança conseguir ficar com outra pessoa para que ela consiga ter uns períodos de sono entre os intervalos das mamadas.

As pessoas que moram com ela podem ajudar no preparo de alimentos saudáveis, com as roupas, com a organização da casa e principalmente, neste período de quarentena, em que as pessoas estão isoladas, o apoio do marido será fundamental, principalmente no auxílio com os filhos mais velhos, se o casal tiver.

Ler mais

Faça Parte do Clube dos Meus Primeiros 1000 dias

Tranquilidade na maternidade a apenas um clique de distância. Faça parte.

  • Aprenda sobre nutrição no seu próprio ritmo
  • Experimente ferramentas práticas, feitas sob medida
  • Obtenha a ajuda e as respostas que você precisa, sem perda de tempo

Vamos Começar!

Conteúdo relacionado
As mães comentam este artigo0/5
Buscar

Ainda não encontrou
o que você estava procurando?

Experimente o nosso novo e inteligente mecanismo de busca. Nós sempre teremos algo para você.