CSS - followUS_icons

CSS_Brands_Megadropdown menu

CSS - BabyandMe POPIN

esconder navegacao

estilo para links e listas

esconder rendimento e cooking time

Compartilhar Artigo
X
bebe_rindo_com_cesta_na_cabeca_

Quando o bebê começa a falar?

Ouvir o meu pequenino dizer a primeira palavra… só de pensar nisso fico cheia de emoção e orgulho! Como posso ensinar o bebê a falar? 

Quinta-feira, Novembro 9th, 2017

O seu pequenino vai precisar de três anos para desenvolver habilidades e progredir de adoráveis sons como "gu-gu, da-da" para palavras misturadas como "bolchoclate" e, só depois, para frases contendo sujeito, verbo e objeto.

Nesse espaço de tempo, você vai sentir o mesmo que todos os pais do mundo: vai ficar babando com os primeiros sons, vai passar a ser uma perita em linguagem codificada de bebê até, finalmente, ficar completamente chocada com o progresso do discurso do seu filhinho. 

Quando o bebê começa a falar? 

Gu-gu, da-da, ma, da, ma… mãe!

Desde o nascimento, o seu bebê já tem uma voz bem alta - sabemos bem quando eles abrem o berreiro, não é mesmo? Cólica, fome ou fralda suja são os campeões quando o assunto é choro do bebê. Os primeiros sons do seu bebê são semelhantes aos sons dos bebês de todo o mundo, usando no início apenas vogais! Isso significa que o seu bebê já está usando a sua língua-mãe. Por isso, é importante estimular o bebê com conversas desde o nascimento.

Veja a evolução da fala de acordo com a idade do seu bebê

3 meses: o seu bebê descobre o prazer do som e dos primeiros balbucios. Isso é normal, pois o cérebro do bebê precisa organizar as áreas que controlam a compreensão verbal e a linguagem. Os sons vêm muitas vezes com as primeiras expressões faciais e com a linguagem corporal. Essas manifestações são cheias de significados. Um gritinho de alegria acompanhado de um grande sorriso, um som experimental "nah" e uma expressão incompreensível, um satisfeito "gu-gu" depois de se alimentar, chorar e remexer-se. Não há necessidade de se preocupar, você vai, gradualmente, aprender a decifrar a linguagem corporal dele, bem como os balbucios e gritinhos!
 

De 6 a 8 meses: o seu bebê compreende algo que vai mudar a vida dele! Quando "fala", os pais respondem. Não interessa que o significado ainda seja vago, o seu bebê acaba de se transformar num tagarela profissional. O principal ponto é que o bebê compreenda o princípio da interação. Gradualmente, o seu cérebro vai começar a entender que é possível identificar palavras e o significado de cada uma delas. Nessa fase, ele começa a apontar e se expressar que quer alguma comida, objeto ou pessoa.
 

De 8 a 12 meses: "bolo!" Finalmente o seu bebê é capaz de expressar as ideias e está bem avançado no caminho para a comunicação. É nessa idade que o seu bebê diz "mamãe" e "papai" pela primeira vez. Para estimular o seu bebê a falar, é importante conversar com ele desde o princípio, dando nomes às situações e aos objetos. O bebê lembra-se de tudo!
 

De 12 a 20 meses: surge o discurso com palavras muito simples e eficientes ("fim", "não", "mais" etc.) para indicar uma alteração de situação. O seu bebê vai repetir as onomatopeias preferidas dele (vrum-vrum, miau, etc.). Começam a aparecer conjugação de duas palavras ("mãe foi") indicando situações e soluções.
 

Neste momento, o seu bebê compreende mais do que fala. Você pode encorajá-lo olhando para imagens e dizendo palavras com ele ou cantando cantigas infantis. É especialmente importante continuar a falar naturalmente com o bebê, pois é a melhor maneira de enriquecer o seu vocabulário e estimular a sua curiosidade.
 

Entre 2 e 3 anos: o seu pequenino descobre que as palavras estão relacionadas, e muitas vezes usa um verbo no início de frases, antes de pronomes e artigos. Agora já consegue dizer "eu", embora já tivesse a noção da sua individualidade há algum tempo.
 

Aos dois anos, a linguagem aparece toda de uma vez, mas essa idade varia de bebê para bebê e alguns precisam de mais tempo. Nessa idade o seu bebê aprende uma ou mais palavras por dia, e às vezes tem dificuldades em dizer todas as palavras! Ele já consegue dizer corretamente o nome de objetos e fica interessado no que as outras pessoas estão dizendo, deixando de ficar exclusivamente centrado em si próprio.
 

O repertório pessoal começa a ficar mais rico e o bebê começa a falar e a se comunicar. Aproveite ao máximo esta etapa para ler histórias e para falar com ele sobre o que se passa à sua volta. O bebê transformou-se num ávido explorador da linguagem!
 

Atraso na fala: saiba quando se preocupar

Cada criança tem o seu tempo de desenvolvimento e se seu filho não seguir as etapas certinhas não é sinal que ele tenha algum problema. Muitas vezes, o atraso na fala pode ser causado pela falta de estímulos. Para um diagnóstico completo, o pediatra pode pedir outros dados do seu filho e não apenas saber se ele falou “mamãe” no mês que deveria. Por isso, caso suspeite de algum atraso na fala, observe outros comportamentos no seu filho e fale com o seu pediatra. Ele é o profissional mais capacitado a te orientar.

Ler mais

Faça Parte do Clube dos Meus Primeiros 1000 dias

Tranquilidade na maternidade a apenas um clique de distância. Faça parte.

  • Aprenda sobre nutrição no seu próprio ritmo
  • Experimente ferramentas práticas, feitas sob medida
  • Obtenha a ajuda e as respostas que você precisa, sem perda de tempo
Conteúdo relacionado
As mães comentam este artigo0/5
Buscar

Ainda não encontrou
o que você estava procurando?

Experimente o nosso novo e inteligente mecanismo de busca. Nós sempre teremos algo para você.