CSS - followUS_icons

CSS_Brands_Megadropdown menu

CSS - BabyandMe POPIN

CSS - Benefits

CSS - Nutritional-Program

CSS GERAL MUCILON PRODUCTS

esconder navegacao

estilo para links e listas

esconder rendimento e cooking time

Compartilhar Artigo
X
criança feliz com a vida

Veja 4 dicas de como criar crianças otimistas

Dicas de como fazer com que o seu filho seja otimista em relação à vida 

Quarta-feira, Dezembro 2nd, 2020

Muitas pessoas acreditam que pequenas atitudes são capazes de transformar um dia ruim ou uma situação desagradável. Para adultos, é mais fácil falar o que fazer e dar “o caminho das pedras”, mas, para as crianças, essas atitudes precisam de exemplos práticos para que elas possam se espelhar e conseguir girar essa chavinha nas situações. E para isso, nada melhor do que os pequenos contarem com a ajuda dos pais, não é mesmo?

Veja abaixo 4 dicas de como criar crianças otimistas

1. Autoconhecimento precisa ser ensinado

Conhecer a si e a seus desejos, saber o que te faz feliz ou que te magoa, é uma forma de autoconhecimento que deve ser levada para a vida inteira. Você pode ensinar os seus filhos através de pequenas atitudes no dia a dia, como por exemplo:

  • Explicar que o desejo por determinado brinquedo não necessariamente é porque ele quer, mas sim porque foi impactado por alguma publicidade;
  • Que tal fazer montagens com colagens de revistas antigas sobre sonhos, desejos, representatividade?

2. Gratidão é um sentimento positivo

Muito tem se falado sobre gratidão e a palavra parece ter esvaziado o sentido, mas ela é essencial para uma vida mais feliz. Ser grato por pequenas coisas, como um banho de mar, um dia no parque, um almoço gostoso com a família, por exemplo. Sempre que seu perceber o seu filho triste por alguma situação, ajude ele a se lembrar de pequenas coisas que o deixaram feliz nos últimos dias. Mas lembre-se que as crianças aprendem com exemplos! Então, sempre que a criança perceber que você está chateado com alguma coisa, mostre para ela que você também faz um lista de gratidão e consegue melhorar o humor.

3. Aceite as suas particularidades

A representatividade importa dentro e fora de casa. Uma menina que cresce escutando que a mãe odeia o seu corpo, vai crescer achando normal ter esse sentimento pelo próprio corpo. Mostre para ela que as pessoas são diferentes fisicamente e que todos os corpos são dignos de amor, de carinho e que são as pequenas diferenças que fazem com que sejamos únicos. Uma pinta no rosto, alguma deficiência, cor, tipo de cabelo são apenas características físicas e não devem ser motivos de depreciação.

4. Seja positivo

Manter-se positivo diante a vida é um ensinamento que o seu filho vai levar para toda a vida. Saber tirar o melhor das situações desafiadores é um exemplo que deve ser seguido, por todos - claro que desde que esteja dentro dos seus parâmetros de moralidade e crenças e não aceitar situações de abuso e violência. Um engarrafamento na viagem de férias? Aproveitem para criar brincadeiras, conversar, fazer planos para quando chegarem ao local. São essas pequenas mudanças que ajudam a vida ter mais leveza.

”banner

Ler mais

Faça Parte do Clube dos Meus Primeiros 1000 dias

Tranquilidade na maternidade a apenas um clique de distância. Faça parte.

Conteúdo relacionado
As mães comentam este artigo0/5
avatar
Buscar

Ainda não encontrou
o que você estava procurando?

Experimente o nosso novo e inteligente mecanismo de busca. Nós sempre teremos algo para você.