Pré-Concepção
Artigo
Add this post to favorites

8 maneiras de lidar com a infertilidade: dicas e técnicas úteis

0
0 avaliações

A infertilidade pode ser um lugar incrivelmente solitário, ainda que seja um problema comum.

7mins para ler Jun 27, 2022

Saiba como lidar com a infertilidade em nosso guia de apoio.

A infertilidade pode ser um lugar incrivelmente solitário, ainda que seja um problema comum – afetando 1 a cada 8 casais nos Estados Unidos e 1 a cada 4 em países em desenvolvimento. Normalmente, as pessoas vão te dizer “Apenas relaxe que vai acontecer”, mas é mais fácil falar do que fazer. Siga as nossas dicas de como lidar com a infertilidade, desde aceitar um diagnóstico até encontrar grupos de apoio.

1. Como lidar com o diagnóstico de infertilidade? Infertilidade é geralmente definida como não ser capaz de engravidar após um ano de sexo regular e sem preservativos. Você e seu parceiro podem ser diagnosticados como inférteis a partir de causas conhecidas, como por exemplo tubas uterinas bloqueadas (para as mulheres) ou má qualidade do esperma (para o homem). Ou, assim como em 25% dos casos, a causa pode ser desconhecida. Lidar com uma infertilidade inexplicável pode ser particularmente difícil, pois não há nada óbvio para “consertar”. Independente se você tiver recebido a informação de forma inesperada, ou após meses e anos tentando ter um bebê, pode ser muito para processar. Se você tiver condições, a perspectiva de tratamento de fertilidade, como Fertilização in Vitro ou Inseminação Intrauterina, pode oferecer esperança e, potencialmente, mais respostas para algumas pessoas, enquanto para outras isso também pode levar algum tempo, pois esta não é a maneira como imaginaram que começariam suas famílias. Caso você esteja se perguntando quando deve se consultar com um médico de fertilidade, confira a nossa lista prática.

2. Como cuidar da sua saúde emocional. Ter problemas de fertilidade pode gerar um grande impacto emocional tanto em você quanto em seu parceiro. Na verdade, estudos mostram que os níveis de ansiedade e depressão de uma mulher que está passando por complicações de infertilidade são similares ao de pessoas que foram diagnosticadas com câncer, problemas cardíacos ou HIV. Isso pode se manifestar como sentimentos de solidão, inutilidade e raiva, entre outros. Esses sentimentos são completamente válidos, então permita-se sentir dessa forma. Você está passando por uma crise, então não se sinta culpada por ficar chateada ao saber sobre um anúncio de gravidez ou não querer comparecer ao chá de bebê de um amigo. Se você pensa que algo vai te fazer sentir pior a respeito da sua situação, não é preciso ter vergonha em evitar. E não se preocupe com o impacto do estresse, pois pesquisas mostram que isso não afeta o resultado do tratamento de concepção assistida.

3. Converse sobre a sua luta contra a infertilidade. Ainda que seja completamente compreensivo que você queira ficar no sofá nos dias em que estiver mais para baixo, tente não se isolar completamente, pois isso pode ter um efeito negativo na sua saúde mental. Abrir-se sobre seus problemas de fertilidade com as pessoas amadas pode ser um alívio, pois esta é uma oportunidade de explicar o que você está passando. Entretanto, nem todo mundo sabe lidar com esse tipo de notícia e você pode descobrir que algumas pessoas dizem a coisa errada ou evitam falar sobre isso completamente. Se você optar por compartilhar seus problemas de fertilidade, fale para os outros como eles podem te ajudar. Isso pode ser simplesmente dizer que eles te amam, enviar cartões de boa sorte ou concordar em não dar nenhum conselho não solicitado. Você pode demonstrar se prefere que as pessoas procurem saber sobre você ou se seria melhor atualizá-las conforme as notícias surgirem.

4. Procure grupos de apoio para infertilidade. Ainda que seus amigos e familiares façam o melhor para te ajudar a lidar com a infertilidade, eles só conseguirão realmente entender o que você está passando se tiverem vivido essa situação também. Dessa forma, é importante que você encontre o seu “grupo de apoio para infertilidade”. Você poderá descobrir que tem amigos estão tentando, desesperadamente, engravidar, mas sem sucesso – talvez, caso você conte sobre os seus problemas de fertilidade, eles podem se prontificar a compartilharem os deles também. Ou você também pode tentar encontrar grupos de apoio à infertilidade – esses normalmente são administrados por instituições de caridade e você pode ter encontros locais na sua região. Eles também podem oferecer um contato de apoio no qual você pode ligar. Para suporte online, você pode sempre pesquisar por hashtags relacionadas ao tema para encontrar milhares de posts de outras pessoas que estão tentando conceber. Apenas saber que você não é a única pode ser muito confortante. Finalmente, se você está passando por um tratamento de infertilidade, é possível que sua clínica ofereça aconselhamento sobre fertilidade como um dos serviços. Um conselheiro profissional de fertilidade será capaz de te ajudar a superar suas emoções e irá oferecer dicas sobre como lidar com a depressão e o estresse da infertilidade. Você poderá escolher fazer sozinha ou com o seu parceiro.

5. Mantenha seu relacionamento forte. Tentar, sem sucesso, ter um bebê, mês após mês, pode sobrecarregar até mesmo os relacionamentos mais fortes. O sexo pode parecer uma tarefa árdua, pode haver culpa de ambos os lados, bem como diferenças em como vocês estão lidando com a infertilidade. Tente estabelecer dias “livre de fertilidade”, no qual vocês não falem sobre esse tema e se programem para fazer atividades divertidas, como sair para jantar, visando manter o romance vivo e relembrar o que um ama no outro. Lembre-se, mesmo que seja a mulher que tenha que passar pela maioria dos exames e tratamento, vocês estão nisso juntos, como uma equipe. Procurem um ao outro por suporte, e fale para o seu parceiro o que ele pode fazer para te ajudar – desde te dar um abraço até recusar um convite de encontro familiar com muitas crianças. Não espere que seu parceiro responda da mesma forma que você - todos são diferentes. Seja forte e compartilhe seus medos – até os maiores, como o medo de seu parceiro te deixar caso seja confirmada a infertilidade. Você pode escolher conversar sobre essas questões com um conselheiro de fertilidade.

6. Pratique atividades físicas. Além de manter você e seu parceiro em forma para tentar conceber, praticar atividade física é bom para potencializar sua saúde mental, o que pode te ajudar a lidar com a infertilidade. Isso ocorre porque, ao fazer exercício, seu corpo reduz a quantidade de hormônios de estresse, como adrenalina e cortisol, e libera endorfina (“hormônios da felicidade”), a qual é a responsável natural pela melhora de humor. No entanto, tome cuidado para não exagerar, pois estar abaixo do peso – assim como acima – pode ter um efeito negativo na fertilidade. Saiba mais sobre o IMC (Índice de Massa Corporal) ideal para a gravidez em nossa lista de Dicas para Tentar Engravidar. Se você está passando por um tratamento de Fertilização in Vitro, seu médico de fertilidade pode orientá-lo. Fale com seu médico de fertilidade sobre o que e quanto você deve fazer de exercício.

7. Consuma uma Dieta Equilibrada. A infertilidade pode fazê-la sentir como se não tivesse controle da sua vida, mas uma área que pode te ajudar a recuperar essa confiança é a alimentação. Ter uma dieta adequada para quem está tentando engravidar, rica em frutas, vegetais, legumes, gorduras saudáveis, fibras e carboidratos integrais e vitaminas pode ajudar a melhorar sua infertilidade, além de te permitir sentir que está fazendo tudo o que é possível para aumentar suas chances de ficar grávida. Provavelmente você também se sentirá melhor fisicamente , porque seu corpo estará abastecido de tudo que ele precisa para ter uma concepção saudável. Confira o nosso artigo sobre alimentos que podem auxiliar a aumentar a fertilidade para saber mais.

8. Tente manter a calma. A infertilidade pode consumir muito do seu tempo, mas tente não deixá-la tomar conta da sua vida. Quando você sentir que não está avançando em sua busca para ter um bebê, procure progredir em outras áreas, por exemplo, assumir um novo hobby, fazer melhorias na casa ou viajar. Descansar pode ajudá-la e recarregar as energias e pode até ser uma oportunidade de crescimento pessoal para melhorar a vida. Mas se você está preocupado em atrasar por causa do declínio da fertilidade, fale com seu médico de fertilidade. Acima de tudo, lembre-se que essa fase difícil vai passar – independente do que aconteça na sua jornada da fertilidade, ela não vai durar para sempre.

As orientações acima não substituem uma consulta médica. Não deixe de consultar seu profissional de saúde para obter orientações individualizadas.

rating review icon
Avaliações recentes

Média das avaliações

0
0
0 avaliações

Avaliações do momento

  • 5 star
    0
  • 4 star
    0
  • 3 star
    0
  • 2 star
    0
  • 1 star
    0

Adicione uma nova avaliação