CSS - followUS_icons

CSS_Brands_Megadropdown menu

CSS - BabyandMe POPIN

esconder navegacao

estilo para links e listas

esconder rendimento e cooking time

Compartilhar Artigo
X

Os primeiros alimentos do meu bebê

Saiba como e quando o seu bebê pode começar a comer sólidos.

segunda-feira, Julho 15th, 2019

Saiba quais alimentos seu bebê pode começar a comer depois dos seis meses.

Agora o seu bebê já tem 6 meses e está pronto para iniciar a alimentação complementar. Isso significa que você pode começar a adicionar outros alimentos às suas papinhas além do Leite Materno, que continuará sendo sua principal fonte de nutrientes.

O importante desta etapa é que você começará a integrar o bebê para comer com a família, nos horários e formas acostumadas. A seguir, damos uma série de recomendações para iniciar o seu bebê na alimentação complementar.
 

Iniciando a alimentação complementar.

Nesta etapa, o estômago dos bebês é muito pequeno, com somente 250ml, ou seja, do tamanho de um copo pequeno, por isso, devemos procurar alimentos com uma alta concentração de nutrientes em poucas colheradas. 
Aqui damos recomendações dos primeiros alimentos:



Cereais infantis

Nesta etapa, recomenda-se começar a alimentação complementar com cereais infantis especializados que são fáceis de digerir e estão adicionados com um alto conteúdo de ferro e vitaminas essenciais para o seu crescimento. Estes cereais podem ser misturados, seja com água potável ou com Leite Materno, para que cada colherada tenha ainda mais nutrientes



Papinhas de frutas, verduras ou carnes

As papinhas são uma excelente fonte de vitaminas e minerais, além disso são uma grande forma de começar a adicionar frutas, verduras e proteínas à alimentação do seu bebê. Nesta etapa são recomendadas papinhas que tenham uma textura muito macia e que sejam fáceis de triturar; então você pode oferecer verduras e frutas cozidas como: cenoura, maçã, pera, banana ou abóbora.

A partir dos 6 meses de idade os bebês podem consumir uma grande variedade de alimentos, como:
•    Carne (vitela, frango, peru, boi, porco, fígado)
•    Verduras
•    Frutas
•    Cereais (arroz, milho, trigo, aveia, centeio, amaranto, cevada, panqueca, pão, bolachas, pastas, cereais infantis pré-cozidos adicionais)



Seja qual for o alimento com o qual comecem a alimentação complementar, não se esqueça de introduzir um alimento novo por vez, durante um a três dias; isso é para avaliar a tolerância do seu pequeno e descartar alguma alergia alimentar. 

Depois você poderá ir incluindo outros grupos de alimentos como: leguminosas, ovo, peixe, derivados lácteos como o iogurte etc., até chegar à dieta familiar. 
 

Hidratação e consumo de bebidas

Até os 6 meses as crianças obtêm toda água que precisam do Leite Materno. Depois dos 6 meses e ao começar a alimentação complementar, pode-se ir oferecendo água simples ou bebidas sem açúcar adicionada aos poucos e à medida que precise.

É importante mencionar que a água que o bebê precisa é diferente das que bebem as crianças maiores, de fato, a OMS recomenda dar aos bebês água com baixo conteúdo em sais para evitar uma sobrecarga de minerais em seu organismo, pois nesta etapa de vida seus rins requerem mais tempo para desenvolver sua função completamente.

Aconselhamos a procurar água especialmente preparadas para bebês.

Finalmente, é importante lembrar que o Aleitamento Materno deve ser exclusivo até os 6 meses e durante os meses seguintes até um ano de vida, continuará sendo sua principal fonte de hidratação e nutrição. E é muito recomendável continuar com a amamentação o máximo possível depois de iniciar a alimentação complementar. 
 

Resolvemos suas dúvidas? 
Receba mais informações como estas e faça parte da nossa comunidade!
 

Ler mais

Faça Parte do Clube dos Meus Primeiros 1000 dias

Tranquilidade na maternidade a apenas um clique de distância. Faça parte.

  • Aprenda sobre nutrição no seu próprio ritmo
  • Experimente ferramentas práticas, feitas sob medida
  • Obtenha a ajuda e as respostas que você precisa, sem perda de tempo
Conteúdo relacionado
As mães comentam este artigo0/5
Buscar

Ainda não encontrou
o que você estava procurando?

Experimente o nosso novo e inteligente mecanismo de busca. Nós sempre teremos algo para você.