7 meses a 3 anos
Artigo
Add this post to favorites

Nutrientes que ajudam a fortalecer o sistema imune dos bebês

0
0 avaliações

Com certeza irá se perguntar: como ajudar a fortalecer o sistema imune do bebê? Não se preocupe, uma das chaves está na alimentação balanceada, por isso, descubra como alguns nutrientes podem influenciar positivamente na saúde do seu filho.

4mins para ler Nov 2, 2022

O que é o sistema imune e como ele atua?

O sistema de defesas (sistema imune) é o conjunto de mecanismos que permite o organismo se defender de “agressores” tais como os vírus e bactérias que provocam doenças e afetam o crescimento e desenvolvimento de um bebê. É formado por células, tecidos, órgãos e substâncias que atuam de maneira conjunta para oferecer proteção ao corpo. 

O sistema imune pode ser dividido em dois mecanismos de defesa: a resposta inata e a adquirida, as quais trabalham de maneira estreita. 

A resposta inata é composta por componentes celulares e humorais e inclui a pele e os mecanismos de defesa externos. Por sua vez, a resposta imune adquirida é composta por elementos celulares. Em geral, esta requer a integração de funções para o processamento de antígenos adequadamente.
  
Diante da aparição de um agressor, vírus ou bactérias, o sistema imune entra em alerta e começa a ativar todos os mecanismos para responderem a esta agressão. Nas crianças, ele tem uma forte relação com a capacidade de resiliência, isso é, tem a habilidade de passar por situações e se fortalecer a partir delas.  

Desde o nascimento, o desenvolvimento do sistema imune nas crianças está relacionado aos estímulos vindo do ambiente, alimentação e emoções. Desde a passagem do bebê pelo canal do parto até a idade mais avançada, o sistema imunológico está em desenvolvimento contínuo, afetado principalmente por estes três fatores.  

Através do canal do parto, o recém-nascido adquire uma flora intestinal, influenciando na programação e desenvolvimento do sistema imune ao longo da vida.

Como fortalecer o sistema imune? Quais nutrientes são chaves para fortalecer o sistema imune?

O recém-nascido recebe leite materno que contém substâncias que fortalecem o sistema imune: produção de imunoglobulina A (IgA), agentes imunomoduladores e glicanos. 

A principal função da IgA é reconhecer e neutralizar alguns vírus, bactérias, enzimas e toxinas, fornecendo imunoproteção passiva ao recém-nascido contra infecções gastrointestinais e respiratórias. 

Outra característica importante da IgA é sua resistência à degradação, isso é, ela permanece na mucosa intestinal, o que evita a aderência e penetração das bactérias, evitando infecções.
 
Outros componentes contidos no leite materno e que trabalham para beneficiar o sistema imune são a lactoferrina, citocinas anti-inflamatórias, antioxidantes, etc., que, em geral, aceleram o amadurecimento da barreira da mucosa intestinal, e portanto, diminuem os riscos nas crianças de apresentarem doenças infecciosas. 

O leite materno também contém um grupo de carboidratos, indigeríveis pelo intestino, que servem como alimento aos probióticos, permitindo uma flora intestinal saudável. Estes oligossacarídeos são conhecidos como prebióticos.  

Outros nutrientes chaves são o zinco e a vitamina A que desempenham um papel importante na imunidade do bebê. O zinco tem uma função protetora no trato gastrointestinal, nas vias respiratórias e ajuda na recuperação do pequeno quando apresenta desnutrição. Por sua vez, a vitamina A diminui o risco de apresentar doenças e, se apresentar, ajuda a ter uma recuperação mais rápida. 

A medida que a criança cresce e inicia a ingestão de diferentes alimentos, obterá os nutrientes mencionados anteriormente que, dentro de suas diferentes funções, está incluída a proteção diante da aparição de algum agressor. Por isso, mais que apenas um alimento que possa fortalecer o sistema imune, uma alimentação balanceada, que tenha todos os grupos de alimentos, em quantidades adequadas de acordo com grupo etário, permitirá esta proteção. 

O sono ajuda a fortalecer e sistema imune?

O sono é um componente vital para o equilíbrio biológico dos pequenos, já que ajuda na restauração energética e anímica. Nesse sentido, o médico pediatra Martin Gruenberg enfatizou que “para alcançar os níveis de imunidade e proteção natural adequados, uma criança de um ano deve dormir entre dez e doze horas diárias, enquanto que os com mais de 24 meses aproximadamente dez horas por dia”.

rating review icon
Avaliações recentes

Média das avaliações

0
0
0 avaliações

Avaliações do momento

  • 5 star
    0
  • 4 star
    0
  • 3 star
    0
  • 2 star
    0
  • 1 star
    0

Adicione uma nova avaliação

Search icon

Ainda não encontrou o que você estava procurando?

Experimente o nosso novo e inteligente mecanismo de busca. Nós sempre teremos algo para você.

Faça Parte do

MVP Logo

Tenha acesso aos benefícios!

  • Descontos

    Descontos

    Descontos exclusivos para você e seu bebê! Confira nossos parceiros! Descontos não aplicáveis para Fórmulas Infantis 0-12 meses

  • Conteúdos

    Conteúdos e Ferramentas

    Conteúdos especiais e Ferramentas interativas para te apoiar em toda a jornada!

  • Informação

    Teste Grátis Kinedu

    Acesse conteúdos sobre o desenvolvimento do seu pequeno no aplicativo Kinedu!

  • Especialistas

    Especialistas

    Tire suas dúvidas com um especialista preparado para te atender!