CSS - followUS_icons

CSS_Brands_Megadropdown menu

CSS - BabyandMe POPIN

esconder navegacao

estilo para links e listas

esconder rendimento e cooking time

Compartilhar MPI List
X
pai de primeira viagem

Dicas de pai de primeira viagem - como ser um pai prático

Quer saber como o pai pode ajudar com recém-nascidos? Novos pais não precisam se sentir como uma peça de substituição, existem diversas formas de criar um vínculo com o seu bebê e apoiar a sua parceira de forma que vocês sejam uma unidade familiar forte desde o começo. Siga estas dicas para o novo pai obter conselhos sobre tudo, desde como pode ajudar no trabalho de parto até o vínculo entre pai-bebê. Prepare-se para brilhar em seu novo papel como pai prático!  

Voltar
  • Prepare-se para o nascimento 

Demonstre à sua parceira que você tem um grande interesse. Façam aulas sobre gravidez juntos - assim como todos os conselhos práticos, você vai ter uma nova visão sobre o que o corpo da sua parceira está prestes a passar, descubra como o pai pode ajudar durante o trabalho de parto e isso pode ajudar você com o vínculo com o seu bebê durante a gravidez. Fazer aulas com outros futuros pais é também uma ótima forma de encontrar a sua nova rede de apoio. Você vai ser grato por estas conversas por WhatsApp às 2:00 da manhã para atravessar a noite e talvez você faça amigos para toda a vida.  

  • Quer sabe como o pai pode ajudar com recém-nascidos?  

Com certeza você aprendeu durante as aulas de gravidez a como trocar uma fralda, dar um banho em um recém-nascido e lidar com um bebê chorando, certo? Assim, desempenhe um papel ativo desde o começo e coloque as suas habilidades de cuidar de bebê em ação. Ofereça-se para assumir o turno da noite para dar um descanso à sua parceira - se a sua parceira estiver amamentando, você pode ser a pessoa responsável por fazer arrotar, trocar a fralda e ajeitar o bebê depois. E se você estiver dando mamadeira, é uma ótima oportunidade para vocês desfrutarem de alguns momentos juntos ao amanhecer e incentivar o vínculo entre pai-filho desde o começo.  

  • Aprender os sinais do bebê  

Esteja atento a indicações precoces de sinais de fome do bebê e sinais de cansaço do bebê para que você possa saltar direto antes que o temido choro comece. Os sinais de um bebê faminto podem incluir chupar as mãos, torcer e bater os lábios, enquanto punhos cerrados e um olhar vidrado podem ser sinais de um bebê cansado. Torne-se mestre em ler os sinais do bebê e você estará sempre em vantagem.  

  • Tenha muito contato pele-a-pele do pai com o bebê 

Colocar o seu bebê sem roupa (mas de fralda) no seu peito nu (dentro da sua camisa, se estiver frio) proporciona muitos benefícios - desde regular a frequência cardíaca e a temperatura do bebê, até relaxar o bebê e ajudar a criar um vínculo. Um ótimo momento para o contato pele-a-pele do pai é após você dar um banho no seu bebê, a primeira coisa na manhã quando você pode levá-lo para a cama com você, ou quando for dar mamadeira para fornecer muita estimulação tátil. Sem dúvidas você vai desfrutar do vínculo entre pai-bebê o tanto quanto ele.    

  • Conversar com o seu recém-nascido 

Cada palavra que o seu bebê ouvir ajuda ele a desenvolver as suas habilidades de linguagem e a fortalecer o seu relacionamento com ele. Então, além de ler o seu bebê, comente brevemente o que você estiver fazendo, independentemente de quão comum seja a atividade - “Eu estou procurando um pano para arrotar para limpar esse cuspe”, além de sussurrando palavras doces e dizer o quanto você ama o seu bebê.  

  • Ofereça apoio à amamentação 

Você pode não ter mamas, mas existem muitos outros exemplos de pais apoiando a amamentação que você pode seguir. Seja deixando a mãe confortável com travesseiros e apoios para as costas, trazendo um copo de água sem que ela sequer peça (as mães podem ficar com muita sede quando o leite começar a fluir) ou simplesmente ouvindo a luta dela. A amamentação pode ser desafiadora, especialmente nos primeiros dias. Portanto, descubra mais sobre os serviços de apoio à amamentação se a sua parceira precisar de ajuda. Ou você tranquilizar ela para que ela perceba que não tem problema dar mamadeira. O importante é ter um bebê alimentado.  

  • Cuide do seu relacionamento depois que o bebê nascer 

Ter um bebê é uma experiência que muda a vida - e pode não vir a ser a imagem romântica de paternidade que você tinha em mente - portanto, é mais importante do que nunca ser aberto e honesto um com o outro sobre como você está se sentindo e qualquer tensão que estiver sendo colocada no relacionamento. Sim, o bebê pode ser o novo dono do pedaço, mas mostre à sua parceira o quanto você se importa com ela. Mime ela (pense em uma massagem pós-gravidez), dê um tempo para ela, conversa e escute - essas atitudes podem ajudar a aliviar problemas de relação de novos pais. E, se você e a nova mãe estão sentindo que precisam de mais tempo para adaptar a vida a três, assuma o controle da situação dos visitantes dos bebês e recuse (de forma educada) convidados, para que ela não precise fazer isso. Leia a nossa lista de verificação sobre como lidar com visitantes após o parto para obter mais dicas.

  • Cuidados pessoais para o pai

Sim, cuidados pessoais para o pai é algo de verdade! É extremamente importante que você cuide bem de si mesmo, para que você possa cuidar melhor da sua família. Portanto, tente realizar atividade física regularmente - empurrar o carrinho em algumas subidas é um bom exercício -, dormir quando você puder e certifique-se de ter familiares e amigos para compartilhar os altos e baixos da paternidade. Isso ajuda a descarregar e as pessoas podem ter as suas próprias dicas de pai de primeira viagem para oferecer. Não se esqueça de garantir que a sua parceira tenha tempo para se cuidar também!  

  • Compartilhar tarefas domésticas 

Pode parecer óbvio, mas aumentar o seu peso dentro da casa é mais importante do que nunca. Nas primeiras semanas após o nascimento, você vai precisar assumir a maior parte das tarefas domésticas. Aqui estão alguns conselhos para novos pais, ao invés de perguntar “O que nós vamos jantar hoje?”, assuma o papel de pensar nessa resposta e surpreenda a sua parceira com um dos pratos favoritos dela. Ela pode estar exausta demais até para pensar após semanas alimentando e nutrindo o recém-nascido, portanto, ela vai precisar de muito sustento para seguir em frente. Assim, conforme você entre no ritmo das coisas, converse sobre como você está dividindo as responsabilidades de cuidar do filho e compartilhando as tarefas domésticas, de forma que fique claro quem está fazendo o quê.  

  • Tire muitas fotos!  

As primeiras semanas e os primeiros meses da maternidade podem passar rápido, com o seu bebê mudando todos os dias.  Portanto, certifique-se sempre de documentar tudo - tirando fotos, não apenas do seu lindo novo pacote de alegria, mas também da sua parceira segurando-o. Na maioria das vezes, ela terá as mãos ocupadas com o bebê (enquanto você pode estar com o telefone em mãos), portanto, da próxima vez que você encontrar uma oportunidade de foto - e elas acontecem todos os dias, durante a alimentação, ao contar histórias, na hora do banho - capture-a. E, não, não precisa ser uma foto toda estilizada e posada para postar em redes sociais, mas só para que você e o seu parceiro possam olhar para trás daqui alguns anos e lembrar de quando vocês se tornaram pais.   

 

Fontes:

https://www.unicef.org.uk/babyfriendly/baby-friendly-resources/implementing-standards-resources/skin-to-skin-contact/ (Acessado em julho de 2020) 

Buscar

Ainda não encontrou
o que você estava procurando?

Experimente o nosso novo e inteligente mecanismo de busca. Nós sempre teremos algo para você.