CSS - followUS_icons

CSS_Brands_Megadropdown menu

CSS - BabyandMe POPIN

CSS - Benefits

CSS - Nutritional-Program

CSS GERAL MUCILON PRODUCTS

esconder navegacao

estilo para links e listas

esconder rendimento e cooking time

Compartilhar Artigo
X
Cólica em bebê

Cólica em bebê: saiba como aliviar o desconforto do seu filho

Para te ajudar, vamos listar dicas de como aliviar a cólica no bebê e que ainda ajudam na conexão entre pais e filhos.

 

segunda-feira, Maio 17th, 2021

A cólica em bebê costuma causar bastante incômodo nos pequenos e preocupação nos pais. Elas surgem logo nas primeiras semanas de vida do bebê e só diminuem por volta dos três ou quatro meses. Durante esses meses, os pais vão presenciar cenas de muito choro alto e irritação dos pequenos. Apesar de ser bastante comum, muitos pais têm dúvidas de como aliviar esse desconforto da maneira menos invasiva possível. Para te ajudar, vamos listar dicas de como aliviar a cólica no bebê e que ainda ajudam na conexão entre pais e filhos.

 

As cólicas são causadas por motivos como:
 

  • O sistema digestivo dos bebês ainda está em desenvolvimento;
  • Casos de refluxo também podem causar desconforto abdominal;
  • Gases.

 

Como identificar a cólica em bebê?
 

Os bebês só têm o choro como meio de comunicação com o mundo e os pais podem ficar perdidos sem saber o motivo. Frio, fralda suja, fome e cólica costumam ser os principais motivos do choro incessante. Para identificar se ele está com cólica, repare nos seguintes sinais:
 

  • Movimento das pernas: eles encolhem e esticam as pernas em movimentos repetitivos;
  • O rosto fica vermelho enquanto chora;
  • As mãos ficam fechadas;
  • Costas arqueadas durante o choro;
  • Barriga estufada.

 

Como aliviar o desconforto causado pela cólica em bebê

 

Massagem relaxante: as cólicas podem ser aliviadas com massagens relaxantes feitas pelos próprios pais. Primeiro, esfregue as mãos uma nas outras para deixá-las aquecidas - pode usar um óleo de bebê para ajudar a deslizar na pele - e, em movimentos suaves e circulares, contorne a barriguinha do bebê, sempre em sentido horário;

 

Contato pele a pele com a mãe: carinhos, sentir o calor e cheiro da mãe são calmantes naturais dos bebês e têm efeito analgésico neles. Não economize no colo, paciência e muito amor nessas horas;

 

Bolsa de água morna: é preciso ter bastante cuidado com a temperatura da bolsa de água (ou outro material). Ela tem que estar amena para não causar queimaduras na pele sensível dos bebês;

 

Banhos relaxantes: os banhos funcionam como as bolsa de água, mas com um benefício extra: a água morna é um ambiente naturalmente calmante e os banhos costumam fazer sucesso entre os bebês, principalmente à noite, antes de dormir;

 

Exercícios abdominais: os bebês ainda não se movimentam sozinhos e isso pode causar gases, ocasionando as cólicas abdominais. Para ajudar, os pais podem flexionar levemente as perninhas do bebê em direção à barriguinha. Esse movimento ajuda a eliminar os gases formados, aliviando a cólica;

 

Colocar o bebê para arrotar: logo após alimentar os bebês, é importante que os pais coloquem ele para arrotar e evitar a formação de gases abdominais. A posição ideal é colocar o bebê no colo na posição vertical;

 

Manter o bebê aquecido: deixar o bebê enrolado em uma mantinha - claro que respeitando o clima da sua região - e aquecido ajuda ele a se acalmar.

 

 

Ler mais

Faça Parte do Clube dos Meus Primeiros 1000 dias

Tranquilidade na maternidade a apenas um clique de distância. Faça parte.

Conteúdo relacionado
As mães comentam este artigo0/5
avatar
Buscar

Ainda não encontrou
o que você estava procurando?

Experimente o nosso novo e inteligente mecanismo de busca. Nós sempre teremos algo para você.