CSS - followUS_icons

CSS_Brands_Megadropdown menu

CSS - BabyandMe POPIN

 

CSS - Benefits

CSS - Nutritional-Program

esconder navegacao

estilo para links e listas

esconder rendimento e cooking time

Compartilhar Artigo
X

Como fazer o bebê dormir à noite toda?

Quando o meu bebê será capaz de dormir a noite toda? É normal que ele se mexa muito durante o sono? Ele confunde o dia e a noite? O que fazer para ajudar o bebê a dormir bem?

terça-feira, Julho 12th, 2016

O sono do bebê.

 

Antes dos bebês conseguirem dormir como os adultos, tem de ocorrer a maturação do cérebro para que consigam desenvolver ciclos cada vez mais complexos. E adquiram um ritmo de dia-noite ao qual os adultos estão tão acostumados. Além disso, é preciso levar em consideração que, para o bebê, todos os ruídos, cheiros e sensações são novidades, muito diferentes do que estava habituado a viver na barriga da mãe. Alguns bebês levam mais tempo do que outros para se habituarem a todas as novidades. Então, como posso ajudar o bebê? Oferecendo referências e orientação - os bebês adoram rotinas diárias! E, claro, muito amor e carinho.

 

Dormir bem para crescer saudável.

 

Nos primeiros meses os bebês dormem muito: quase não fazem outra coisa senão dormir! O sono além de permitir que o bebê cresça e se desenvolva, faz com que ele se recupere dos momentos em que estave acordado. É importante salientar que, quando um bebê dorme, a hipófise (uma glândula na base do cérebro) segrega o hormônio do crescimento.

 

O sono do bebê, um pouco à semelhança dos adultos, se organiza em duas fases que se alternam entre si. A primeira fase é o sono NREM (Non Rapid Eye Movement). Durante esse período de sono tranquilo, que corresponde a aproximadamente 20 minutos, o bebê dorme pacificamente: os olhos praticamente não se mexem, e é a fase em que a produção do hormônio do crescimento atinge o seu máximo. Depois segue-se a segunda fase de sono REM (Rapid Eye Movement). Durante essa fase os bebês estão um pouco mais agitados e o sono é mais leve, pois ele desperta com mais frequência. É uma fase essencial à maturação do cérebro do bebê. Entre essas fases claramente distintas, existem outras intermédias do sono que são menos diferenciadas. No caso do bebê, o sono começa quase sempre por um período de sono agitado.

 

Um recém-nascido dorme, em média, cerca de 16 horas diárias (entre 14 e 20 horas por dia). A quantidade de horas de sono irá se reduzir gradualmente ao longo dos primeiros anos de vida:  cerca de 15 horas por volta dos seis meses, para 13 horas aos quatro anos de idade. O sono durante o dia também vai reduzindo, de 3 a 4 horas de sonecas durante o dia aos seis meses, para 2 horas aos 12 meses e para cerca de 1 hora aos 18 meses.

 

Dormir a noite toda é uma preocupação frequente dos pais. Mas cada bebê é diferente! Alguns começam a dormir a noite inteira desde as primeiras semanas, mas a maior parte precisa de vários meses para conseguir abandonar o relógio biológico, regulado em períodos de 3 a 4 horas, para adquirir o ritmo das 24 horas.

 

Pouco a pouco, o bebê vai começando a se sincronizar com os ritmos externos: os ciclos noite-dia, a regularidade das refeições, e os momentos de brincar e de interagir com a família. Tudo isso vai ajudá-lo a se adaptar e, gradualmente, a deixar de despertar e acordar no meio da noite.

 

Truques para ajudar o bebê a ter um sono profundo.

 

Dentro da barriga da mãe o bebê não podia distinguir entre o dia e a noite. Durante as primeiras semanas de vida, também não é capaz de fazer essa diferenciação. A boa notícia é que os pais podem ajudá-lo a se adaptar com os truques simples que listamos a seguir.

 

Ofereça referências ao bebê!

 

 Quando for noite, assegure-se que a casa está tranquila e silenciosa e que as persianas ou cortinas estão completamente fechadas para que o bebê esteja num ambiente escuro - ao contrário das sonecas durante o dia, onde você pode deixar um pouco de luz. Não hesite em cuidar de seus afazeres enquanto o bebê dorme, um pouco de barulho não vai perturbá-lo.

 

Estabeleça uma rotina antes da hora de deitar, de maneira que o seu bebê perceba que está na hora de dormir. Por exemplo, à noite, mudar a fralda, vestir o pijama, cantar uma música de embalar e dar miminhos ao bebê podem fazer parte dessa rotina. Quando o seu pequeno for um pouco mais crescido, também poderá ler uma história para ele. Faça que a rotina da soneca seja diferente da rotina da noite, de modo a não confundir o bebê. Por exemplo, à tarde, uma história infantil ou uma música de embalar, um beijinho e cama!

 

Ajude o bebê a ter horários determinados. Depois das primeiras semanas, o bebê mama no seu próprio ritmo, isso é, quando quer. Depois comece a fazer as refeições em horas fixas.

 

Garanta também que o quarto do bebê não esteja demasiado frio nem demasiado quente. A temperatura ideal é entre 18°C e 20°C.

 

O bebê ainda dorme no seu quarto? No princípio isso tranquiliza o bebê e os papais. Estão perto e não precisam levantar para ver se ele está bem, nem de ir buscá-lo no quarto para dar de mamar. Mas é aconselhável não prolongar esse hábito além dos primeiros meses. Desde cedo os bebês devem ser capazes de dormir sozinhos e no quarto deles. Isso é essencial para a qualidade do sono do bebê, bem como é importante para a vida do casal!

 

O seu bebê não é capaz de adormecer sem o brinquedo favorito, sem a chupeta ou sem chupar o dedo? Não tire essas pequenas coisas do bebê: elas o acalmam e o ajudam a adormecer. Ele mesmo decidirá o momento que vai deixar de precisar delas. No momento são uma preciosa ajuda para assegurar um sono tranquilo!

 

O bebê chora enquanto está para adormecer? Deixe-o sozinho por alguns minutos: os bebês precisam muitas vezes derramar algumas lágrimas para conseguir adormecer e isso é normal. Contudo, se não se acalmar, vá ver como ele está: o mais provável é que o bebê necessite que o tranquilizem. 

 

Deitado e com segurança garantida.

 

Escolha um berço que cumpra com as normas de segurança e um colchão firme, com as dimensões adequadas, de modo a prevenir que o bebê fique entalado entre o colchão e o berço ou entre as barras deste último.

 

Os bebês dormem melhor quando deitados sobre as costas, de barriga para cima. A carinha fica livre e eles conseguem respirar mais facilmente.

 

No berço evite ter acessórios desnecessários - almofadas, lençóis, cobertores etc. Um body pijama ou um saco de dormir é suficiente para evitar que o bebê tenha frio. O mesmo se aplica a brinquedos: a pelúcia favorita não faz mal, mas a coleção toda de brinquedos é desnecessária!

 

Os pediatras recomendam também que o bebê durma de barriga para cima e que o quarto não esteja muito quente (18 - 20°C são suficientes para manter o bebê quente). Procure ventilar o quarto regularmente e mantenha-o livre de fumaça! 

 

Os bebês sonham?

 

Ao contrário do que possa pensar, os movimentos e caretas que o seu bebê faz enquanto dorme não significam que esteja sonhando. De acordo com alguns pediatras, não se pode falar verdadeiramente de “sonhos” até por volta dos três anos de idade, quando a criança já tem idade suficiente para contar os seus sonhos.

 

Ler mais

Faça Parte do Clube dos Meus Primeiros 1000 dias

Tranquilidade na maternidade a apenas um clique de distância. Faça parte.

Conteúdo relacionado
As mães comentam este artigo0/5
Buscar

Ainda não encontrou
o que você estava procurando?

Experimente o nosso novo e inteligente mecanismo de busca. Nós sempre teremos algo para você.