MyFeed Personalized Content
9 a 12 meses
Artigo
Add this post to favorites

Engatinhar: descubra a importância de incentivar seu filho antes dele aprender a andar

0
0 reviews

Engatinhar é uma etapa essencial no desenvolvimento do seu bebê 

4mins para ler Maio 5, 2020

Engatinhar é uma das etapas do desenvolvimento físico do seu filho e muitos pais ficam ansiosos em saber com quantos meses o bebê começa a engatinhar. Normalmente, por volta dos sete meses, ele começa a ficar apoiado sob as mãos e joelhos e querer ir em direção do que interessa - brinquedos, mãe e pai ou qualquer outra coisa que chame a sua atenção. No entanto, não precisa ficar preocupado se ele ainda não demonstrou vontade de engatinhar, já que é comum que bebês comecem a engatinhar até os nove meses. Veja abaixo os benefícios, dicas de como estimular o seu filho e de segurança para o seu filho engatinhar tranquilamente pela casa.

Benefícios de engatinhar

Alguns bebês pulam a fase de engatinhar e já começam a querer andar, mas, por mais que você queira que o seu filho ande logo, é um erro achar que o engatinhar não é importante. Existem muitos benefícios que o seu filho adquire ao engatinhar, por isso, se o filho for um bebê que não vá pular essa fase naturalmente, incentive ele a engatinhar, deixe ele explorar o ambiente em quatro apoios e não insista em acelerar essa fase. Além disso, cada criança se desenvolve no seu tempo, ou seja, não há motivos para comparar o seu bebê que engatinha a outro que, na mesma idade, já anda naturalmente.

Para não restar dúvidas, veja os benefícios que o engatinhar proporciona ao seu filho.

  • Se prepara melhor para a próxima fase que é o andar e correr;
  • Desenvolve força, coordenação motora, equilíbrio e fortalece a coluna;
  • Ajuda a desenvolver e fortalecer grupos musculares e ligamentos das mãos, braços e ombros. Esse desenvolvimento é importante para a coordenação motora fina (pinçar, pegar pequenos objetos e, futuramente, escrita);
  • Desenvolve habilidades visuais que são importantes para a percepção espacial e de profundidade;
  • Estimula as conexões neurais, desenvolvendo maior atenção e concentração.


Como estimular o seu filho a engatinhar?

Os pais de bebês que já estão com 7 meses e ainda não demonstraram interesse em engatinhar, não é necessário se preocupar, já que ele ainda tem uma janela de desenvolvimento dentro do esperado. O sinal de alerta dos pais deve ser aceso caso o bebê não sente e sustente o pescoço na fase certa ou se, quando você segura ele para ficar em pé, ele não sustenta os pés no chão. Isso pode significar que ele ainda não adquiriu força muscular suficiente para começar a engatinhar. Veja abaixo como você pode estimular e ajudar a desenvolver o grupamento muscular responsável pelo engatinhar:

  • Você pode pegar os bebês no colo e suspender pela cintura. Além deles amarem, você ajuda a desenvolver os músculos do abdômen;
  • Sempre que possível, deixar ele deitado de barriga para baixo. Essa posição ajuda a desenvolver força nos ombros. Você também pode deixar brinquedos na frente dele e estimulá-lo a ir buscar. Mas atenção! As coisas precisam estar ao alcance dos olhos dele e não das mãos. É importante que ele veja o objeto e se interesse em ir buscar;
  • Colocar um espelho apoiado no chão, de preferência de acrílico, e deixar ele chegar até o reflexo;
  • Ficar ao lado dele e fazer o movimento de engatinhar. As crianças gostam de tentar imitar o que os adultos fazem. Até as tentativas apenas apoiando a barriga são boas para fortalecer os grupos musculares envolvidos no engatinhar.


Dicas para a criança engatinhar com segurança

É importante criar um ambiente saudável e seguro para essa fase em que o seu filho deixa de ser um bebê quietinho e de colo e passa a ser um explorador do mundo - conhecido também como a sua casa.

Para evitar e minimizar as chances de acidentes domésticos, é importante tomar algumas medidas de segurança:

  • Sempre no chão. Se preferir, você pode usar um tapete para bebê engatinhar que tenha estímulos visuais;
  • Nunca coloque o bebê para engatinhar em cima de cama ou sofá. O risco de cair é muito alto;
  • Cuidado com escadas e locais que você não quer que ele chegue. Você pode colocar uma grade infantil para impedir a passagem dele;
  • Cuidado com fios soltos, tomadas e quinas de móveis. Existem diversos utensílios que são próprios para otimizar a sua casa de acordo com as necessidades do seu filho.