MyFeed Personalized Content
1 a 3 anos
Artigo
Add this post to favorites

Como saber se o meu bebê come bem?

Saiba o que é a desnutrição infantil e como identificá-la. Veja se seu bebê come bem

3mins para ler Jul 5, 2019

Você já se perguntou se seu filho tem certo grau de desnutrição ou está comendo o suficiente? 

Não se preocupe, estamos aqui para ajudá-la e tirar estas dúvidas. 

Como cuidadores, sabemos que a alimentação é chave no desenvolvimento dos nossos pequenos. E é por isso que, às vezes, nos preocupamos e nos perguntamos se eles realmente estão comendo bem e estão ingerindo todos os nutrientes recomendados. 
Aprenderemos hoje, juntos, sobre os principais sinais da desnutrição infantil e como preveni-la!

Primeiro: o que é desnutrição infantil?


Quando uma criança não recebe os nutrientes suficientes para seu desenvolvimento adequado, dizemos que apresenta uma desnutrição. Se esta falta de nutrientes se prolonga e não recebe a devida atenção, pode ter graves consequências no desenvolvimento físico e cognitivo, especialmente quando se trata dos pequenos. 
Como você verá a seguir, é importante que você conheça os diferentes tipos de desnutrição para evitá-la. 

Tipos de desnutrição:


1.    Desnutrição crônica
O principal sinal é quando uma criança apresenta atraso no seu crescimento, ou seja, sua altura não corresponderá com a das crianças da sua idade. Este tipo de desnutrição é por uma falta de nutrientes em um período prolongado, por isso é chamada “crônica”.
2.    Desnutrição aguda moderada
Quando o peso de um pequeno for menor do que deveria ser de acordo com sua estatura e idade, então apresenta uma desnutrição aguda moderada. 
3.    Desnutrição aguda grave
Nestes casos é necessário atendimento médico imediato, pois o pequeno apresentará aproximadamente 30% menos do peso ideal para sua idade. Podemos reconhecer estes casos nos pequenos, pois suas funções corporais estão alteradas e apresentam um aspecto esquelético. Normalmente uma desnutrição aguda grave acontece depois de uma doença infecciosa grave ou uma pobreza extrema onde não se tem quase alimento algum.
4.    Carência de vitaminas e minerais
Nestes casos, os sintomas podem passar desapercebidos já que variam de acordo com a falta de mineral ou vitamina. Ou seja, pode ter uma estatura e peso adequado, mas uma deficiência de alguma vitamina. Por exemplo, a falta de vitamina A pode deixar o pequeno mais propenso às infecções, enquanto a falta de ferro dificulta sua capacidade de aprendizagem e/ou causa anemia. 
Como eu sei que meu filho não tem nenhuma desnutrição? Como eu sei que ele come bem? 

Fique tranquila! A partir de um ano, pode ser que o crescimento da criança desacelere, pois é o momento de ter experiências mais sociais e com seu ambiente externo (não somente com a comida).

O mais importante é ter uma medição periódica do peso e altura da criança, pois enquanto estiver dentro dos parâmetros adequados, pode-se dizer que está comendo bem e é uma criança nutricionalmente saudável.

O melhor é sempre consultar um profissional de saúde para fazer uma avaliação do estado de saúde dos pequenos e saber como podemos apoiá-los.

Resolvemos suas dúvidas? 
Receba mais informações como estas e faça parte da nossa comunidade!