Desenvolvimento da Criança de 1 a 3 anos
Artigo
Add this post to favorites

A importância das proteínas no sistema digestivo

As proteínas ajudam com que a barriguinha do seu bebê se desenvolva de forma adequada!

3mins para ler Jul 18, 2019

Veja a importância das proteínas no sistema digestivo do bebê

Quando um alimento é ingerido por alguém, dá-se início ao processo digestivo, o qual conta com a participação de uma série de órgãos, que se encarregam de ajudar nessa digestão dos alimentos. Esse processo envolve diferentes etapas que, quando combinadas, garantem a maior absorção de nutrientes para o indivíduo, já que as partículas são quebradas, transformando-se em uma consistência pastosa, e passam a integrar a corrente sanguínea. Abaixo, seguem os órgãos e o caminho percorrido pelo alimento:

  • Boca: é início da digestão, onde ocorrem processos físicos e químicos, os quais contam a ação dos dentes, língua e glândulas salivares.
  • Esôfago: esse é o órgão por onde o alimento passa, até chegar no estômago, devido aos movimentos peristálticos.
  • Estômago: nessa etapa, novas ações químicas ocorrem, por meio da presença das substâncias que fazem parte do suco gástrico, como o ácido clorídrico. Os movimentos peristálticos misturam o alimento com tais agentes, transformando-o em um líquido pastoso.
  • Intestino delgado: momento em que as substâncias produzidas pelo pâncreas e fígado começam a atuar, e que a maior parte dos nutrientes é absorvida.
  • Intestino grosso: nesse local ocorre a fase final da absorção de água, e é onde o processo de digestão se encerra, com a produção das fezes.
  • Fígado: responsável pela produção da bile, a qual atua na digestão da gordura.
  • Pâncreas: produção do suco pancreático, que será utilizado no duodeno, jejuno e íleo. Essas 3 estruturas fazem parte do intestino delgado.
     

Este sistema é responsável por digerir as proteínas, além de outros nutrientes, para que o corpo possa utilizá-las para diversas funções, como as do mesmo sistema digestivo. Como isso funciona?

  • As proteínas são a base estrutural de todos os tecidos e órgãos do corpo, por isso são essenciais para o crescimento dos órgãos do sistema digestivo conforme o seu pequeno vai se desenvolvendo.
  • A boca, o esôfago, o estômago e os intestinos são formados por músculos, os quais se encarregam de que estes possam ter movimento para passar o alimento de um lado para o outro. Os músculos são formados por aminoácidos, e estes, por sua vez são obtidos das proteínas contidas nos alimentos.
  • As enzimas digestivas são substâncias que se encarregam de degradar reduzir os alimentos o mínimo possível para obter os nutrientes e que estes sejam absorvidos com facilidade. As enzimas são formadas com a ajuda das proteínas, e aqui também encontramos mais uma função.
  • Quando o alimento passa por diversas regiões do sistema digestivo, as células se encarregam de produzir e liberar hormônios que controlam as funções do sistema digestivo (como a produção de sucos gástricos ou o controle do apetite); e sim, algumas proteínas do corpo funcionam como hormônios.


Como você pode perceber, as proteínas estão presentes em cada uma das partes mais importantes do sistema digestivo, por isso é sumamente importante que as crianças consumam uma quantidade adequada de proteínas durante a sua infância para prevenir problemas gastrointestinais no futuro.
 

Conte-nos: qual é o alimento rico em proteínas favorito do seu pequeno?
 

Rate this article