MyFeed Personalized Content
Pré-escolar
Artigo
Add this post to favorites

Composto Lácteo: Saiba Tudo Sobre!

0
0 reviews

PERGUNTAS E RESPOSTAS: Entenda o que é Composto Lácteo, qual a sua diferença em relação a leite em pó e o que você precisa levar em consideração na hora de escolher.

3mins para ler Nov 9, 2017

Veja as perguntas e respostas sobre o composto lácteo
 

1 - Qual a diferença entre composto lácteo e leite em pó?

A principal diferença entre o Leite em Pó e Composto Lácteo é que neste último existe a possibilidade da adição de importantes nutrientes para um desenvolvimento saudável na infância, como vitaminas, minerais, fibras em quantidades adequadas, DHA etc .

Portanto, ao decidir pelo uso de um composto lácteo, converse com seu médico, para que este oriente qual produto oferece uma quantidade de nutrientes adequada para criança, além da presença de outros nutrientes essenciais para esta fase tais como fibras alimentares, importantes para auxiliar no funcionamento do intestino da criança, e o DHA, importante para o desenvolvimento cerebral e visual.

Leites em pó são leites "in natura", que foram desidratados e, assim que diluídos em água, voltam a ter as características do leite de vaca, trazendo o cálcio e a proteína – sem modificações necessárias para atender uma necessidade especifica para infância.

2 - O que se deve levar em conta na hora de escolher qual leite dar para a criança?

São vários fatores, mas idealmente pensar na necessidade alimentar de cada faixa etária, os nutrientes importantes e fundamentais, as fibras necessárias em cada idade, as necessidades de cálcio, proteínas, ferro, zinco, iodo e vitaminas (como A e D).

3 - O que os pais podem perguntar aos pediatras para entender melhor qual produto é o mais indicado para o seu filho?

Cabe aos pediatras estarem atentos aos diferentes tipos de compostos lácteos e leites, e diante de cada faixa etária orientar corretamente os pais em suas escolhas. Aos pais, questionar o pediatra se todos os nutrientes estão sendo oferecidos as crianças através de uma dieta equilibrada: todas as vitaminas? Iodo, zinco, cobre e magnésio? Ferro? Ácidos graxos, como o DHA? Quantidades ideais de fibras, também?

4 - O que são prebióticos e qual a importância para a saúde e desenvolvimento das crianças?

Os prebióticos são fibras não digeríveis, mas que fermentam em nossos intestino e estimulam o crescimento das bactérias probióticas ( Bactérias do bem) trazendo benefícios como:

- Estimulam a motilidade intestinal (trânsito intestinal);

- Contribuem com a consistência normal das fezes, – reduzindo o risco de diarreia e a constipação intestinal, por promoverem um ambiente favorável às bactérias benéficas;

- Possui efeito bifidogênico, isto é, estimulam o crescimento das bifidobactérias, benéficas ao organismo, contribuindo com uma microbiota intestinal saudável;

No entanto, deve-se atentar que o excesso de prebióticos também não é recomendado pois podem aumentar ainda mais o desconforto intestinal.

5 - O que é DHA e qual a sua importância para a saúde e desenvolvimento das crianças?

O DHA (ácido docosahexaenoico) é uma das "gorduras boas", fundamentais ao nosso organismo. É um ácido graxo poliinsaturado de cadeia longa (LC-PUFA), está presente no leite materno, porém, após o período de aleitamento, não é habitualmente ingerido por lactentes e crianças nas quantidades ideais. Na natureza, é encontrado na forma de ômega-3, ácidos graxos presentes em peixes, moluscos, algas e crustáceos. Em menores quantidades é encontrado em sementes oleaginosas e gema de ovo. O ácido docosahexaenóico (DHA) é fundamental para o desenvolvimento cerebral e visual do recém-nascido.