MyFeed Personalized Content
1 a 3 anos
Artigo
Add this post to favorites

O meu bebê pode comer entre as refeições?

Saiba a frequência e a importância dos lanchinhos para seu filho

2mins para ler Jul 16, 2019

Após completar 1 ano, ter energia é muito importante para o desenvolvimento do seu bebê; então saiba o porquê das refeições serem tão importantes e o que seu filho pode comer. Continue lendo!

Os lanches são pequenas refeições compostas por uma variedade de alimentos, fontes de energia, proteínas, vitaminas, minerais e fibras, de forma equilibrada e harmônica, e que são consumidos entre as refeições principais – café da manhã, almoço e jantar.1

Os cereais infantis são uma excelente fonte de energia, vitaminas, minerais e fibras; sendo um alimento indicado para fortificação de ferro – importante nutriente que contribui para diminuir o risco de anemia e auxilia no desenvolvimento cerebral infantil.2-4  São uma ótima opção para um café da manhã ou lanche da criança, na forma de mingau ou misturado com frutas, e podem fazer parte das receitas de biscoitos feitos especialmente para crianças ou em outras receitas adaptadas à idade da criança.

A oferta de proteína nos lanches pode ser feita através do grupo de laticínios, lembrando do leite materno, que é recomendado se manter até os 2 anos de idade ou mais. No caso em que criança que não esteja seguindo com o aleitamento materno, as fórmulas infantis são uma opção para este grupo de alimentos.5

É importante também que os lanches ofereçam uma variedade de cores, sabores, texturas e tamanhos de porções que estimulem o paladar da criança e possam contribuir para autonomia alimentar.1,5

A partir de 1 ano, a família pode iniciar a oferta de lanches em horários fixos, diariamente, com um intervalo de 2 a 3 horas entre as refeições, sendo o suficiente para que a criança sinta fome e evitando que se coma mais do que o necessário. 1,5

O esquema alimentar da criança a partir de 1 ano deve ter um café da manhã, um lanche matinal ou colação, almoço, lanche da tarde, jantar e um lanche noturno.

Conte-nos: que tipo de lanchinhos você oferece ao seu bebê?

As dicas não substituem uma consulta médica ou do nutricionista. Não deixe de consultar o pediatra ou o nutricionista do seu filho para obter orientações individualizadas.

Referências

  • 1. Ministério da Saúde. Guia Alimentar para População Brasileira. 2ª ed. Brasília: 2020.

  • 2. Klerks M et al, Infant Cereals: Current Status, Challenges, and Future Opportunities for Whole Grains. Nutrients. 2019; 11(2):4732019.

  • 3. Walter T, Dallman PR, Pizarro F et al. effectiveness of iron-fortified infant cereal in prevention of iron deficiency anemia. Pediatrics 1993; 91: 976-82.